Está cada vez mais difícil o exercício livre do jornalismo em Brasília

O que se passa na cobertura das atividades de Bolsonaro e de manifestações de rua

atualizado 18/10/2021 4:59

bolsonaristas na paulista Fábio Vieira/Metrópoles

É constrangedora a situação que vivem os fotógrafos que cobrem em Brasília as atividades oficiais (ou a indolência tão frequente) do presidente Jair Bolsonaro.

Nessas ocasiões, há sempre fotógrafos militares destacados para fotografá-los em ação e, se possível, repetirem do mesmo ângulo registros feitos por eles.

A situação se repete quando se trata de manifestações de rua, favoráveis ou contrárias ao governo; no primeiro caso, com ou sem a participação do presidente da República.

E o pior: entre os fotógrafos a serviço de veículos de comunicação, há mais de um bolsonarista assumido que também fotografa os colegas e tenta gravar o que eles falam.

Últimas do Blog