Blog com notícias, comentários, charges e enquetes sobre o que acontece na política brasileira. Por Ricardo Noblat e equipe

18 anos Blog do Noblat

Chuvas torrenciais no Rio mobilizam Bolsonaro; no Nordeste, não

O presidente de todos os brasileiros governa para os que votaram nele

atualizado 16/02/2022 14:40

chuva petrópolis enchente Reprodução

Ora, dirão os cínicos: o Rio de Janeiro votou em peso em Jair Bolsonaro para elegê-lo presidente da República em 2018; deu-lhe quase 70% dos seus votos no segundo turno.

A Bahia decepcionou Bolsonaro, que ali obteve no primeiro turno 23% dos votos, contra 60% de Fernando Haddad (PT). Foi pior no segundo turno: Haddad, 72,69%, Bolsonaro, 27,31%.

Bolsonaro considera a Bahia um Estado eleitoralmente perdido, como já disse. Então, por que deveria preocupar-se igualmente com a Bahia e o Rio na hora em que ocorrem tragédias?

A resposta é: porque Bolsonaro foi eleito para governar para todos os brasileiros, e não só para os que o elegeram. E foi ele mesmo quem proclamou isso no seu discurso de posse. Esqueceu-se?

Mas ontem à noite, de Moscou, Bolsonaro apressou-se a prestar solidariedade aos atingidos pelo temporal em Petrópolis, cidade da Região Serrana, onde morreram 23 pessoas até agora.

Em dezembro, quando 72 cidades das regiões sul, sudeste, oeste e recôncavo baiano ficaram debaixo d’ água por mais de 15 dias, ele não disse uma só palavra, nem interrompeu suas férias.
Não se queixe em outubro próximo.