metropoles.com

Programa Mais Médicos cresceu 93% desde o início do governo Lula

Sudeste é a região com mais profissionais da saúde; maioria são brasileiros

atualizado

Compartilhar notícia

Vinícius Schmidt/Metrópoles
Imagem colorida mostra a ministra Nísia Trindade discursando - Metrópoles
1 de 1 Imagem colorida mostra a ministra Nísia Trindade discursando - Metrópoles - Foto: Vinícius Schmidt/Metrópoles

De janeiro de 2023 a junho de 2024, o programa Mais Médicos sob o governo Lula (PT) cresceu 93,8%, saindo de 12.843 para 24.894 profissionais de saúde em todo o país. Do total de médicos ativos, 22.965 são brasileiros (92%), sendo 53%, mulheres; quase 12 mil profissionais têm entre 30 e 39 anos. Há 88 vagas do programa ocupadas por indígenas, enquanto 36% são pretos ou pardos e 53% são brancos.

Considerando os números absolutos de médicos do programa, o Nordeste é a região com o maior número de vagas ocupadas (8.362), seguido do Sudeste (7.435). Por Estado, os três com maior número de profissionais são: São Paulo (3.288), Minas Gerais (2.219) e Bahia (2.127).

Os Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) também se destacam. Em distritos como o Yanomami, em Boa Vista (RR), havia oito profissionais do Mais Médicos em dezembro de 2022. Em junho de 2024, esse número cresceu para 36, um aumento de 350%. No Mato Grosso do Sul, o DSEI passou de oito profissionais em dezembro de 2022 para 39 em junho de 2024, um crescimento de 387%.

Acima da média nacional, o Distrito Federal registrou um crescimento de 122% no número de profissionais em atividade no programa. Em 18 meses, o total aumentou de 68 para 151.

No início de julho, o Ministério da Saúde anunciou um novo edital para a contratação de 3,1 mil profissionais. Pela primeira vez, a seleção inclui vagas em regime de cotas para pessoas com deficiência e grupos étnico-raciais, como negros, quilombolas e indígenas.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comBlog do Noblat

Você quer ficar por dentro da coluna Blog do Noblat e receber notificações em tempo real?