Veja como foi a 1ª colheita de uvas para produção de vinho de Brasília

No último dia 19 de setembro, 10 produtores locais iniciaram um processo que promete bebidas saborosas para a cidade

atualizado 25/09/2019 13:50

Divulgação

Em Brasília se planta uva destinada à produção de vinhos: a fruta é do tipo Syrah e, na última semana, ocorreu a primeira colheita.

A coluna Vinho e Outras Histórias conversou com Ronaldo Triacca, produtor rural e proprietário da Villa Triacca Eco Pousada, um dos nomes à frente do projeto. Ao todo, são 10 produtores que formam o grupo Futuros Vitivinicultores do Planalto Central.

Confira o papo!

Você realizou no dia 19 de setembro a primeira colheita de uva dentro do Distrito Federal destinada à produção de vinho fino. Como é este projeto?
Somos 10 produtores rurais que possuem projetos individuais, mas temos em comum a paixão pelo vinho, daí que formamos o grupo AVPLAC – Futuros Vitivinicultores do Planalto Central.

Esta primeira safra de uvas Syrah é um teste, as parreiras ainda são muito novas, colhemos cerca de 100 kg, que coloquei na minha caminhonete e levei direto para a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), onde recebemos consultoria dos enólogos Isabela Peregrino e Murillo de Albuquerque Regina, criador do sistema de dupla poda que permite a colheita de uva no inverno.

A primeira safra desse vinho resultará em apenas umas 100 garrafas, que degustaremos, provavelmente, em dezembro ou janeiro.

0

Qual é a meta de área cultivada e de produção de vinhos?
Nossa previsão é que, no próximo ano, consigamos um total de 10 hectares de uvas cultivadas, chegando, de dois a três anos, em 20 hectares, com uma produção anual entre 20 mil e 30 mil garrafas. A meta é cultivar de 25 a 30 hectares.

Onde vocês irão elaborar o vinho?
Vamos construir a primeira vinícola dentro do Distrito Federal e ela será instalada dentro do Parque da Feira AgroBrasília. Iremos investir fortemente no enoturismo.

Qual a sua avaliação sobre o terroir do Cerrado de altitude? E quais as uvas que melhor se adaptam?
Temos uma condição climática muito favorável à produção de uvas de qualidade porque, no nosso inverno, os dias são ensolarados, e as noites, frias. Além, é claro, do tempo seco e sem chuvas no período final de maturação.

Essas condições são muito favoráveis para a uva vinífera destinada a vinhos finos.

Iremos produzir também Grenache, Touriga Nacional, Tempranillo, Sangiovese, Nebbiolo e Marselan. Acreditamos que a branca Viognier também se adaptará muito bem à região.

Profissionais do vinho

Tenho observado em artigos uma certa confusão sobre a área de atuação de alguns dos profissionais do vinho. Afinal, os nomes se parecem muito, começando quase sempre pelo mesmo prefixo.

Veja o glossário e não erre mais!

Viticultor: aquele que planta e cultiva as videiras (vitis) e colhe as uvas. Viticultura é a ciência que estuda o cultivo da uva.

Vinicultor: é o responsável por transformar a uva em vinho (vini). Vinicultura é a ciência cujo objetivo é elaboração dos vinhos.

Vitivinicultor: aquele que cultiva videiras (viti) e elabora vinhos (vini). Vitivinicultura engloba o cultivo das uvas e a fabricação de vinhos.

Sommelier: profissional especializado em escolher, degustar, comprar, servir e/ou harmonizar pratos e vinhos.

Enólogo (eno [vinho] + logo [estudo, conhecimento]): profissional com formação superior em enologia. Seus conhecimentos lhe permitem atuar desde o cultivo da uva à vinificação, além de análise e reconhecimento de vinhos.

Enófilo (eno [vinho] + filo [amigo]): quem ama vinhos e se dedica (estuda) a aprimorar seus conhecimentos na escolha e degustação.

Agenda
0

Últimas notícias