Chapada dos Veadeiros: 5 novidades incríveis para atualizar o roteiro

A lista de atrativos no destino é extensa, e a cada dia surgem novas opções. Confira lista de espaços recém-inaugurados que valem o check-in

atualizado 25/06/2021 11:36

Reprodução/Instagram

Em todo o território que abrange a Chapada dos Veadeiros, a quantidade de belezas naturais e atrativos é quase incontável. O destino é um prato cheio para os amantes do ecoturismo e conta com boas doses de adrenalina, entre mergulhos revigorantes e momentos de descanso em meio à natureza.

A todo momento, novidades surgem para abrilhantar ainda mais o roteiro dos apaixonados pela Chapada. Confira cinco novidades que valem o check-in no destino, para fugir da rota tradicional — e das aglomerações — na sua próxima visita pelo lugar místico e encantador.

Complexo Vargem Redonda

Depois de mais de 30 anos na família de Fernanda Faria e do marido, Elias Cheim Neto, o casal decidiu abrir as portas do pequeno paraíso para outros visitantes. O novo atrativo, inaugurado neste mês de junho, promete mergulhos incríveis em cachoeiras e poços de água verde-esmeralda.

São 11km de trilha (ida e volta) de nível fácil a médio, por onde se distribuem três poços principais com cachoeiras — o Poço Verde; a Cachoeira Celeste, de águas transparentes; e o Bebedouro do Onça. Além dos espaços para um refresco depois da trilha, o lugar também conta com mirantes e belas vistas para as belezas naturais da Chapada.

Endereço: Estrada que vai para o Vão do Moleque, a 54 km de Cavalcante
Horário: Todos os dias, menos quarta-feira, das 7h30 às 17h (entrada até às 12h)
Acompanhamento de guia obrigatório, mediante agendamento. Lista de profissionais habilitados no Instagram do atrativo
Ingressos: R$ 40 (adultos) ou R$ 20 (crianças até 12 anos)
Informações: @complexovargemredonda

Complexo de Cachoeiras Veadeiros

Com apenas 2km de trilha, o complexo em São João D’Aliança abriu em fevereiro e se consagrou como mais um dos pontos que merecem check-in no destino. Logo no começo do trajeto, os visitantes são presenteados com o primeiro poço, mas os principais atrativos, sem dúvida, são as cachoeiras Veadeiros I, II, e III.

Na segunda, se forma uma piscina natural com borda infinita para o Vão do Paranã. O visual é exuberante, e as águas transparentes. Quem passar por lá também pode provar o cafezinho da Eleusa Teles de Faria, uma das proprietárias do espaço, e os biscoitos de sal e doce da sogra, que fazem sucesso.

Endereço: Sítio Divino Espírito Santo, no Km10 da estrada para Represa do Paranã, em São João D’Aliança
Funcionamento: todos os dias menos quarta-feira, das 8h às 16h30
Não é obrigatório o acompanhamento de guia de turismo
Ingressos: R$ 30

Informações: @complexoveadeiros 

Paraíso dos Cactos

Também na zona rural de São João D’Aliança, o atrativo fica dentro da Fazenda Lagoa e conta com uma trilha de 7km (ida e volta) com paisagens espetaculares, uma queda d’água e três poços. Um deles tem até um escorregador de pedra natural, para fazer alegria das crianças e dos adultos.

Com foco em preservação ambiental, o Paraíso dos Cactos conserva a mata nativa e os poços de águas cristalinas. Para quem não perde a oportunidade de uma boa comida com tempero da “roça”, o lugar também oferece o “Almojanta” — refeição depois do passeio nas cachoeiras, por um adicional de R$ 40, para comer à vontade.

Endereço: Fazenda Lagoa, Zona Rural de São João D’Aliança
Funcionamento: todos os dias, de 8h às 17h
Acompanhamento do guia é obrigatório, assim como agendamento da visita. Quem não chegar com guia será acompanhado pelo proprietário, porém, poderá ficar na cachoeira entre 10h e 15h.
Ingressos: R$ 30
Informações: @paraíso_doscactos 

Campo Base Ecolodge

“Um glamping no coração da Chapada dos Veadeiros, lugar para vivenciar a natureza, conectar-se com sua essência e aproveitar momentos de tranquilidade e conforto”. É assim que Sarah Rezende, gerente do Campo Base Ecolodge, define a hospedagem a 300 metros da entrada do Parque Nacional.

Em meio ao Cerrado nativo, os visitantes também assumem o papel de guardiões da flora e da fauna que cerca a propriedade, e dormem em barracas com conforto, à luz de um céu incrivelmente estrelado e acordam ao som de pássaros se alimentando na copa das árvores.

O lugar oferece 10 tendas montadas em cima de decks de madeira com telhado e toldos laterais, para a proteção contra a chuva e sol. As cabanas são equipadas com cama de casal king ou duas camas de solteiro, roupa de cama aconchegante e cheirosa, ventilador, tomadas e lampião led.

0

Endereço: Vila de São Jorge, a 300 metros da entrada do Parque Nacional
Diárias a partir de R$ 170, tenda para duas pessoas
Informações: no site ou no Instagram

Canionismo no Raizama

Para os apaixonados por uma boa dose de adrenalina, a novidade é o canionismo no Raizama, oferecido pela empresa Origens, especializada em ecoturismo. O passeio mistura 3km de trilha fácil com um ângulo das cachoeiras que nem um mergulho é capaz de proporcionar.

Os visitantes vestem os trajes apropriados para o caminho “molhado” e aproveitam para desbravar as quedas d’água seguindo seu curso em um rapel, descendo todas as cinco cachoeiras ao longo do cânion e aproveitando os espaços para o banho. O passeio dura, em média, 4 horas.

No pacote, estão inclusos equipamentos de segurança individual completo, traje de neoprene próprio para a atividade, acompanhamento de guia especializado e o translado.

Data e horário a combinar
Passeio: R$ 300 por pessoa
Informações e reservas: (61) 9 9609-2762

Últimas notícias