*

O inverno é o momento perfeito para aproveitar o clima debaixo das cobertas, acompanhado de uma boa taça de vinho. Essa estação geladinha também é a mais interessante para visitar vinícolas.

E não é preciso fazer grandes viagens para conhecer as fazendas produtoras de uvas. Perto de Brasília, em Cocalzinho, funciona a Pirineus Vinhos, por exemplo. Em Casa Nova, na Bahia, fica uma das maiores vinícolas do Brasil, a Terranova, da empresa Miolo.

 

Para quem pode viajar mais longe, o Rio Grande do Sul segue sendo referência. As regiões de Bento Gonçalves e Garibaldi são bastante conhecidas pela quantidade de vinícolas. Selecionamos cinco lugares no Brasil inteiro para os amantes de vinho e interessados em entender como a bebida é feita:

Pirineus Vinhos, em Goiás

Perto de Brasília, o vinhedo de quatro hectares produz o vinho Intrépido e Bandeiras e o visitante pode conhecer o espaço de produção das uvas, comer a fruta e comprar as garrafas.

Onde: Cocalzinho de Goiás, Serra dos Pirineus
Quanto: Sob consulta

Vinícola Terranova, na Bahia

Regadas pelas águas do rio São Francisco, a vinícola da Miolo produz uvas para vinhos finos e espumantes em uma região desafiadora devido ao clima tropical. Durante a visita, é possível conhecer os processos, a destilaria onde é produzido o Miolo Brandy (uísque) e degustar as bebidas da linha Terranova com um sommelier ou enólogo.

A Miolo tem ainda outras três vinícolas, todas no Rio Grande do Sul.

Onde: BR 235 km40, Santana do Sobrado s/n Vale do São Francisco – Casa Nova, Bahia.
Quanto: R$ 15 visita à vinícola, vinhedos e degustação. Bônus de R$ 5 para compras de vinhos, espumantes e destilados na loja da Vinícola.

Vinícola Salton, no Rio Grande do Sul

A duas horas de Porto Alegre, a vinícola fica no Vale do Rio das Antas, em Bento Gonçalves. O visitante pode passear pelo local, acompanhar o processo inteiro — desde o recebimento ao amadurecimento da bebida, passando inclusive pelo engarrafamento e laboratórios. A vinícola conta também com obras de arte reproduzidas por artistas da região, sempre com o vinho em evidência.

Ao final do tour, há degustação harmonizada de vinhos e brinde com espumante.

Onde: Distrito de Tuiuty, Bento Gonçalves – RS
Quanto: R$ 50

Vinícola Aurora, no Rio Grande do Sul

Também em Bento Gonçalves, a Cooperativa Vinícola Aurora tem mais de mil famílias associadas e é uma das maiores do país. É apresentada a história do local, vários barris e, além de degustar vinho, o visitante pode também provar os sucos e azeites.

Onde: Rua Olavo Bilac, 500, Bento Gonçalves – RS
Quanto: Há visitas guiadas e gratuitas

Vinícola Chandon, no Rio Grande do Sul

Desde 1973, a vinícola localizada na cidade de Garibaldi é uma das principais do país — ali ficam os vinhedos e adega da Möet & Chandon. Uma das visitas passa pelo processo de viticultura, elaboração dos espumantes, degustação em um tanque de pressão e visualização do engarrafamento e rotulagem.

A tour é finalizada com uma degustação de seis espumantes ou apenas a degustação final.

Onde: BR 470 Km 224, Garibaldi – RS
Quanto: Gratuito