Tomar anticoncepcional durante a gravidez faz mal ao bebê?

Uso da pílula pode causar problemas de saúde nesses casos e, portanto, deve ser descontinuado assim que a gravidez for detectada

atualizado 20/04/2021 16:39

AnticoncepcionalGetty Images

Sim, o ato de tomar pílula anticoncepcional na gravidez pode prejudicar o bebê, mas não se desespere. É bastante comum que isso aconteça, sobretudo no início da gestação – afinal, nem sempre a mulher se dá conta prontamente que a concepção aconteceu.

Em contrapartida, se o consumo da pílula se prolongar por muito tempo, poderá acarretar problemas à saúde do bebê e da mãe. Dessa maneira, o uso do medicamento deve ser descontinuado assim que a gestação for identificada.

Tire suas dúvidas sobre o assunto:

É permitido tomar pílula durante a gravidez?

Não. Até porque, se o seu objetivo era não engravidar e a concepção já aconteceu, a função primordial da pílula não é mais necessária por certo tempo. Tomar anticoncepcional na gravidez pode prejudicar o bebê e aumentar os riscos na gestação, que poderão ocasionar complicações sérias para a mãe. Portanto, a partir do momento em que você se der conta de que está grávida, descontinue o consumo da pílula anticoncepcional. Lembre-se ainda de comunicar o seu médico sobre o consumo no início da gestação, a fim de esclarecer dúvidas e possibilitar investigações sobre quaisquer problemas.

Clique aqui e confira mais sobre o tema.

Últimas notícias