Pai viraliza após adotar bebê Down rejeitada por 20 famílias

Luca Trapanese, 41 anos, diz que foi "tomado de alegria" depois de encontrar Alba, com apenas 13 dias de vida. Dupla faz sucesso na internet

atualizado 29/11/2019 7:30

Reprodução/Instagram

Depois de ser rejeitada por 20 famílias, por ter síndrome de Down, a recém-nascida Alba encontrou todo o amor que merece em Luca Trapanese, 41, que resolveu adotá-la. O italiano, que vive em Nápoles, disse que “tem orgulho de ser o pai dela”. A dupla hoje faz sucesso nas rede sociais, onde posta a rotina com altos níveis de fofura.

Ao jornal Daily Star, o homem revelou que decidiu adotar a criança quando ela tinha apenas 13 dias de vida. Ela havia sido abandonada pela mãe por conta da condição genética, que causa uma série de desafios de aprendizado.

0

Outras 20 famílias que estavam em uma lista para adotar um filho também rejeitaram Alba. Luca ganhou a custódia da pequena em julho de 2017, em um processo complicado para ele, por ser homossexual e sem relacionamento estável.

O agora pai solteiro trabalha com crianças com deficiência desde a adolescência e até estabeleceu sua própria instituição de caridade em 2007, que oferece às crianças com deficiência a chance de socializar e desenvolver seus talentos.

“Desde que eu tinha 14 anos, me ofereci e trabalhei com pessoas com deficiência, então senti que tinha o conhecimento e a experiência certos para fazê-lo”, disse ele em entrevista à BBC.

Ele conta que quando colocou Alba nos braços foi a primeira vez que ele havia segurado um bebê recém-nascido. “Fui tomado de alegria. Eu senti que ela era minha filha imediatamente. Quando vi Alba eu sabia que estava pronto para ser o pai dela.”

O novo pai faz questão de manter seu exército de mais de 134 mil seguidores no Instagram atualizados em sua jornada pela paternidade, com muitos fãs postando mensagens de apoio para ele e Alba, hoje com dois anos de idade.

 

Ver essa foto no Instagram

 

#estate2019 #nataperte #alba #mare

Uma publicação compartilhada por Luca Trapanese (@trapaluca) em

Últimas notícias