Especialista analisa dieta restritiva de Camila Loures: “Sem noção”

A influenciadora digital segue o método de Maíra Cardi e, para não fugir da dieta, leva o próprio cozinheiro para festas e viagens

atualizado 31/05/2022 19:18

Camila Loures Reprodução/Instagram

O aniversário de um ano da pequena Maria Alice, filha de Virgínia Fonseca e Zé Felipe, no último domingo (30/5), foi um dos assuntos mais comentados na web. Além do inusitado presente que a criança ganhou, alguns pontos da festa chamaram atenção dos internautas. Entre eles, o fato de Camila Loures ter levado o próprio cozinheiro para conseguir manter o foco na dieta durante a comemoração.

Em vídeos publicados em sua conta no Instagram, a influenciadora comemora o fato de ter levado o próprio chef para cozinhar para ela. “Minha dieta segue firme”, escreveu. “Para eu me sentir dentro da festa, o chefe fez minicomidinhas. Hambúrguer que eu posso, coxinha… Que legal!”.

Veja os vídeos:

Há algumas semanas, Camila revelou que começou a fazer a dieta de Maíra Cardi para emagrecer. Conhecida na internet por seguir dietas extremamente restritivas e, mesmo sem formação, já ter “emagrecido” alguns famosos, especialistas criticam a forma como a influenciadora fitness encara a reeducação alimentar.

“Um tratamento nutricional de responsabilidade não se pauta nesse tipo de recomendação proibitiva e ou que condiciona uma alimentação a um tipo de cardápio fixo e sofisticado”, analisa a nutricionista Larissa Cerqueira.

De acordo com a especialista, uma rotina de alimentação saudável não é sinônimo de seguir uma dieta à risca a ponto de se submeter a ou impor uma exclusão social. “Esse exemplo reforça o que chamamos de terrorismo nutricional, ou seja, um medo de comer determinados alimentos ou preparações como se as mesmas fossem nocivas e merecessem ser eliminadas da vida social, mesmo em eventos excepcionais”, salienta.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
Publicidade do parceiro Metrópoles 6
Publicidade do parceiro Metrópoles 7
0

“Não ir a festas por medo de comer ou só ir a festas se oferecerem a comida que você deseja (salvaguardando grandes problemas de saúde que justifiquem uma restrição alimentar importante) é um comportamento alimentar em iminência de se tornar transtornado”, alerta a nutricionista.

Não é a primeira vez que os métodos de Cardi são debatidos na internet. Extremamente restritivas, nutricionistas defendem que esse tipo de técnica pode favorecer o desenvolvimento de transtornos alimentares.

“Além de uma conduta sem etiqueta e ‘sem noção’, a divulgação indiscriminada dessas ideias favorece o desenvolvimento e a manutenção dos transtornos alimentares, principalmente porque muitas das pessoas que têm livre acesso a esse tipo de conteúdo podem estar em iminência de estabelecer uma relação não saudável com os alimentos”, analisa Cerqueira.

Para além da festinha, a restrição alimentar de Camila também avança para outras refeições. Ainda nesta segunda-feira (31/5), Loures postou fotos e vídeo em um resort em Goiânia, para onde também levou seu próprio chefe de cozinha.

Em seu Instagram, a influenciadora contou que o cozinheiro entrou dentro da cozinha do resort para preparar sua alimentação. Ainda em sua conta, ela mostrou um prato com um pequeno peito de frango e uma folha de alface.

Confira!

Entre os males, esse tipo de restrição alimentar ainda pode causar o temido efeito sanfona: quando se perde peso com muita facilidade e volta a ganhar quilos extras de forma proporcional.

“Desfrutar uma refeição festiva com equilíbrio, serenidade e prazer é sinal de saúde. Não é sinal de saúde e nem é razoável normalizar a ideia de que seguir uma dieta depende de contar com uma super estrutura de cozinheiros, ingredientes especiais e controles de cardápio extremos”, ressalta Cerqueira.

Quer ficar por dentro das novidades de astrologia, moda, beleza, bem-estar e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesastrologia

Mais lidas
Últimas notícias