*
 

Muitas pesquisas já associaram o consumo de quantidades moderadas de vinho a benefícios para a saúde, sobretudo à do coração. Um novo estudo, no entanto, pode fazer com que as mulheres repensem o hábito antes sequer da primeira taça.

Cientistas do Fundo Mundial para Pesquisas sobre Câncer concluíram que meia taça de vinho ao dia ou um copo de cerveja já é o suficiente para aumentar o risco de câncer de mama.

Praticar exercícios físicos de alta intensidade, no entanto, pode virar o jogo, já que a mesma pesquisa associou uma vida ativa a um menor risco da doença.

Desde 2016, a Grã-Bretanha recomenda que homens e mulheres não ingiram mais do que três litros de cerveja ou sete taças de vinho por semana, sendo que alguns dias devem ser completamente livres de álcool. As medidas são baseadas em pesquisas anteriores que já associavam o consumo de bebida alcoólica com o aparecimento de câncer.