*
 

Muito se fala sobre vários tipos de câncer nesta época do ano: de mama e de próstata, principalmente. Os cientistas buscam avidamente respostas para as doenças que aparecem no cérebro. Mas o terceiro tipo de tumor mais comum em homens e segundo entre as mulheres recebe apenas uma fração da atenção, mesmo sendo responsável por, pelo menos, 510 casos só no DF em 2017.

Para aumentar a visibilidade sobre o câncer colorretal, acontecerá, nesta sexta-feira (10), um mutirão de colonoscopia no Hospital de Base. A ideia é fazer exames gratuitos em 50 pacientes pré-selecionados com histórico familiar da doença e que apresentaram sangue nas fezes.

A ação será às vésperas da 16° Semana Brasileira do Aparelho Digestivo, que acontece em Brasília, de 11 a 15 de novembro, e reúne os principais especialistas do país. Algumas atrações internacionais também estarão presentes para discutir as novidades do setor. Segundo o médico Lix de Oliveira, presidente da Comissão de Mutirões e Prevenção de Câncer Colorretal da SOBED, serão disponibilizados equipamentos de última geração para atender os pacientes.

“Conseguimos chegar aos acompanhantes dos pacientes, motivados para conhecer mais sobre esse tipo de câncer e sua prevenção. Promoveremos orientação a todos sobre os mecanismos de rastreio e combate, tornando-os potenciais divulgadores em suas comunidades e famílias”, explica. “Ele é passível de prevenção, então, por meio de informação correta e de qualidade, conseguimos diminuir o número de casos e evitar que mais pessoas sofram e morram em decorrência desse câncer”.

 

 

COMENTE

Saúdecolonoscopiacâncer colorretal
comunicar erro à redação

Leia mais: saúde