Saiba como identificar e tratar a gastrite nervosa

Segundo especialista, o principal sintoma é a dor estomacal que piora com o estresse

atualizado 16/07/2021 15:15

Cólicas menstruaisGiphy/Unsplash

Com o estresse do dia a dia, muitas pessoas podem acabar considerando dores de cabeça e de estômago, por exemplo, como sintomas normais em resposta ao nervosismo do cotidiano. Mas, não é bem assim! Realmente, é cientificamente comprovado que sentimentos como raiva e ansiedade têm grande influência sobre algumas patologias, podendo desencadeá-las ou agravá-las.

Porém, acreditar que essa associação é motivo para não tratar os sintomas e a doença pode prejudicar ainda mais o quadro e causar danos à saúde. É imprescindível buscar orientação médica e tratamento.

A gastrite consiste na alteração da mucosa gástrica e apresenta sintomas clássicos, como dor ou desconforto estomacal. Quando essas dores pioram com estresse e/ou ansiedade, temos um quadro de gastrite nervosa. “Por isso, é importante uma abordagem global pelo médico, avaliando se as duas patologias estão somadas, e nesse caso, o tratamento emocional é fundamental para a melhora dos sintomas gástricos”, assegura a gastroenterologista Tabata Cristina Alterats Antoniaci.

Continue lendo no site Alto Astral, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias