Parou de emagrecer? Entenda o que você pode estar fazendo de errado

Se você está na academia para perder gordura e ganhar massa magra, veja o que pode estar sabotando sua rotina de treinos

atualizado 07/09/2021 15:16

mulher malhandoGetty Images

Não importa se o plano é emagrecer, ganhar músculos ou melhorar a qualidade de vida. Para alcançar os objetivos, manter uma rotina de exercícios físicos é fundamental. Contudo, nem sempre suar a camisa na academia é suficiente. Com algum tempo de treinos, é possível que você tenha percebido que seu progresso diminuiu, assim como os resultados.

A boa notícia para quem chegou ao chamado “platô” — momento em que o treino fica estagnado e os benefícios se tornam menos visíveis no corpo —, é que alguns ajustes na rotina podem trazer de volta os efeitos da malhação.

Para te colocar de volta no rumo do emagrecimento, do ganho de massa magra ou diante da sonhada “barriga de tanquinho”, o educador físico e campeão mundial em levantamento de peso Chris Duffin pontua o que você pode estar fazendo de errado e como resolvê-lo.

0

Entre as recomendações do profissional ao portal Insider, seguir um programa focado no seu objetivo, prestar atenção aos sinais do corpo e estabelecer metas específicas podem devolver a boa fase fitness.

Execução e recuperação

“Se seus treinos não estiverem funcionando, você pode não estar dando a seu corpo o apoio certo de que ele precisa para construir músculos”, adianta o profissional. Alguns erros comuns no treino de força são a falta de alimentação correta ou de sono suficiente, práticas que podem impedir a recuperação — essência do aumento da massa muscular após os a atividade física.

Outro problema facilmente identificável é conferir se você está realizando os exercícios da forma adequada. Qualquer inadequação no plano pode resultar em falta de eficácia da prática, e até em uma maior possibilidade de lesões.

“Quanto melhor a qualidade do movimento, mais intensidade, volume e frequência podemos tolerar e nos recuperar”, comenta Duffin.

Dose certa de intensidade

A lógica do organismo que resulta no crescimento muscular é levar os músculos à exaustão. Com a alta demanda, o corpo precisa se adaptar, construindo mais tecido e criando força e definição. Contra essa premissa, seguir os mesmos pesos e séries por muito tempo tornará a execução mais fácil — trazendo menos ganhos semana após semana.

Para continuar melhorando, é importante desafiar a si mesmo ao longo do tempo. É o que os especialistas chamam de sobrecarga progressiva.

No entanto, intensidade em excesso pode prejudicar o seu progresso. A receita do sucesso é aumentar gradualmente o peso e a quantidade de exercícios, para prevenir exageros. A recomendação do expert é aumentar o treino de 10-15% em um período de quatro a seis semanas. 

Comprometimento

Um equívoco comum entre os frequentadores de espaços esportivos é querer trocar de treino em pouco tempo, caso o resultado não seja imediato. Um dos segredos para a evolução é também a consistência, por isso, é fundamental manter o mesmo treino por, no mínimo, seis meses, de acordo com o profissional.

Metas direcionadas

A melhor maneira de turbinar seu progresso na academia é priorizar o que você deseja alcançar, em vez de tentar fazer tudo de uma vez. É sempre importante dizer que não existem milagres quando se fala em boa forma, e manter um foco específico em alguma região, ou estabelecer metas de emagrecimento, pode ser o gás que faltava para te ajudar a chegar onde deseja.

Quer ficar por dentro das novidades de astrologia, moda, beleza, bem-estar e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesastrologia.

Mais lidas
Últimas notícias