Conheça a lipo que tira gordura e “modela” barriga com gominhos

Batizada de lipo HD, a técnica é ideal para pacientes que têm pouca gordura localizada, mas quer definir regiões do corpo, como o abdômen

Divulgação

atualizado 23/10/2019 16:48

Ano a ano, o mercado de beleza inunda os consumidores com inovações. Ainda assim, a lipoaspiração prossegue como o procedimento mais valorizado pelos brasileiros. No país que mais faz cirurgias plásticas no mundo, toda novidade vem acompanhada, também, de dúvidas. A mais recente delas se dá em relação à lipo HD, ideal para quem tem pouca gordura localizada e, ainda assim, quer aprimorar o corpo.

0

O procedimento em “alta definição” permita que o paciente perca as temidas gordurinhas, mas também possa moldar regiões do corpo, como o abdômen, obtendo um resultado mais natural.

“O objetivo da lipoaspiração tradicional é apenas remover a gordura localizada. Já a lipo HD, além de retirar um pouco mais de gordura, utiliza uma técnica de sombras que proporciona um desenho na área”, explica a cirurgiã plástica Ivanoska Filgueira.

83 mil

Número de cirurgias plásticas realizadas mensalmente no Brasil

Tiramos três dúvidas a quem quer se arriscar, mas ainda guarda alguns receios. Vale lembrar: todo caso necessita de uma análise individual.

Pessoas que fizeram a lipo tradicional podem optar por essa e ter os mesmos resultados?
As pessoas que são indicadas para a lipo tradicional não são as mesmas que fazem a lipo HD.

O músculo reto abdominal só aparece se houver a prática de muita atividade física e se tiver uma pequena capa de gordura. O que normalmente tentamos fazer na lipo HD é dar uma sombra, limpar mais o fundo abaixo do abdômen, tentar fazer uma linha mais funda acima da região do umbigo, que é para dar as sombras, resultando assim, em um abdômen mais malhado.

Existe algum tipo de pré-requisito para se submeter?
A lipo HD normalmente é feita em pacientes que estão mais magros e que já exercem algum tipo de atividade física.

O que explica o sucesso da lipoinjeção? As pessoas querem fazer procedimentos, mas mesmo assim soar “naturais”?
O enxerto de gordura normalmente é muito utilizado na região glútea. Principalmente depois dos 35 anos de idade, quando o paciente costuma ter uma depressão nesta área. O declínio hormonal advindo com a chegada idade muda o desenho corporal.

O enxerto de gordura pode ser considerado uma técnica mais natural que a gluteoplastia feita com prótese, por exemplo. A busca pela naturalidade tem se tornado cada vez mais recorrente no consultório. Claro que existem pacientes que querem “mostrar o investimento”. Outros preferem um ar menos artificial, deixando subentendido se houve procedimento estético ou não.

Últimas notícias