Cinco maneiras de usar o Apple Watch para melhorar a saúde

O dispositivo auxilia nos exercícios físicos e oferece funções úteis para saber como está o corpo

Getty ImagesGetty Images

atualizado 30/04/2018 12:32

Já notou um novo acessório moderninho sendo usado por bastante gente? É o Apple Watch. Apesar de existirem várias outras formas de saber as horas, o relógio prova estar longe de desaparecer com a tecnologia, porque é justamente com ela que o dispositivo está se reinventando.

Além de permitir o usuário entrar em contato com todas as notificações do celular sem ter o aparelho em mãos, o relógio da Apple é um ótimo aliado para manter registros sobre a saúde. O acessório fica o dia inteiro, ou pelo menos a maior parte dele, acoplado ao corpo e, então, consegue monitorar os batimentos cardíacos e apontar quanto tempo você permanece parado.

Rumores indicam que novos modelos do produto vão poder até mesmo medir glicose para ajudar quem é diabético. Mas muito já pode ser feito com as edições 1, 2 e 3, principalmente quando se trata de saúde. Confira as dicas e saiba como usar a tecnologia a seu favor:

1. É um lembrete para se mover
Para alguns pesquisadores, fazer grandes blocos de exercício físico não compensa os efeitos de ficar sentado por várias horas. Por isso, é recomendado levantar durante o trabalho e fazer pequenas caminhadas durante o dia.

O Apple Watch possui um círculo azul na tela que lembra o usuário de levantar por um minuto em horas alternadas. Nesse tempo, a pessoa também pode aproveitar e se mexer um pouco.

2. Mostra o progresso
Se você quer saber o quanto está progredindo e qual tem sido sua performance, o aplicativo Fitness pode te dar essas informações. Ele conecta com o Apple Watch e puxa os dados do relógio, que são divididos por dia, semana e mês.


3. Monitora a frequência cardíaca
Saber quantos batimentos cardíacos por minuto é importante para conhecer melhor o corpo e se manter longe dos problemas de saúde. Ano passado, um americano afirmou ter evitado complicações ao ver no relógio a frequência do coração subir de forma drástica e consultar imediatamente um médico.

O jovem foi diagnosticado com embolia pulmonar e o tratamento rápido foi graças ao monitoramento do dispositivo. Mesmo quem não precisa acompanhar a frequência cardíaca pode se beneficiar dessa função, porque ela pode apontar como está a saúde do organismo em geral.

4. Possibilita pequenas metas
A parte mais legal desta função é mudar os hábitos da rotina. Em vez de adicionar “correr por 50 minutos”, o usuário pode criar metas alcançáveis, como dar mais passos ou incluir exercícios durante a manhã.

5. Registra todos os movimentos
Se você trabalha sentado e por longas horas, o sedentarismo pode estar presente na sua vida e prejudicando a sua saúde. O relógio da Apple consegue captar todos os movimentos do corpo durante o dia e informar quanto tempo você passa parado. Isso te permite pensar em metas e saber quanto é preciso fazer para reverter a situação.

Últimas notícias