*

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que um em cada 10 casais brasileiros tem dificuldade para engravidar. De acordo com a OMS, 30% dos casos ocorrem por problemas no organismo da mulher, como distúrbios de ovulação, obstruções na trompa, doenças sexualmente transmissíveis, genética, condições imunológicas, entre outros. No entanto, existem muitas alternativas para aumentar a fertilidade, e uma delas é a acupuntura.

O procedimento, quando focado na fertilidade, pode ajudar a estimular o sistema nervoso central, estabilizar níveis hormonais, aumentar a circulação sanguínea nos órgãos do aparelho reprodutor, além de melhorar e regular o ciclo ovulatório feminino, como explica a fisioterapeuta dermatofuncional e especialista em acupuntura Andressa Moraes.

“A acupuntura auxilia a fertilização como uma terapia complementar. Ajuda a fortalecer o sistema reprodutor da paciente e, também, colabora na redução do estresse, uma das causas da infertilidade”, aponta.

Casais com dificuldade para conceber passam por bastante estresse e ansiedade, por isso, a acupuntura é um tratamento eficaz, pois reverte outros problemas que contribuem para a infertilidade, como obesidade, distúrbios hormonais, doenças ginecológicas, além de uso prolongado de anticoncepcional. A paciente, recomenda Andressa, deve iniciar o procedimento antes da fertilização e fazer de uma a duas sessões semanais.