Veja cinco dicas para ter o cabelo platinado de Marina Ruy Barbosa

Hair stylist dá o “caminho das pedras” a quem quer fios loiríssimos como os exibidos pela atriz no Instagram

Reprodução/Instagram

atualizado 25/07/2019 8:07

Nos últimos dias, a atriz Marina Ruy Barbosa “quebrou a internet” ao surgir com os cabelos platinados em um post no Instagram. Até o momento, a imagem publicada nessa segunda-feira (22/07/2019) ultrapassou 2,3 milhões de curtidas. O sucesso se deve a um fator inusitado. Bem se sabe, a ruiva é pouco radical quando o assunto são as madeixas.

Embora os fios loiríssimos parecessem reais, a “farsa” foi descoberta: trata-se de uma peruca. O visual foi adotado pela atriz para interpretar uma agente secreta em uma campanha da Renault que entra no ar nesta sexta-feira (26/07/2019).

O Google Trends monitorou os termos mais pesquisados no site de busca e registrou um aumento de mais de 800% na procura por “Marina Ruy Barbosa” em 24 horas.

Entre as dúvidas mais frequentes, o questionamento: como conseguir um tom parecido com o da atriz?

Segundo o hair stylist Marcelo Moraes, do You Enjoy, a tonalidade está em alta há cerca de um ano e meio e pode ir do bege ao perolado. “A cor está diretamente ligada à personalidade e ao tom de pele de quem quer aderir à ousadia”, aponta. Ao Metrópoles, o profissional deu algumas dicas para quem quer investir no visual:

Don’t DIY

Nada de “faça você mesmo”. Se a ideia é imitar esse visual, não adianta correr para a farmácia e comprar litros de água oxigenada. A primeira medida é procurar um profissional. Isso porque a mudança exige teste de coloração e profundo conhecimento de tabela cromática, além de análise das características de cada fio.

“O teste de mecha, ou mecha técnica, é fundamental. Precisamos ver por quais processos químicos esse cabelo passou, e até qual cor ele suporta”, ensina.

Paciência

Chegar ao loiro à Marina Ruy Barbosa pode levar até 12h. “Cabelos mais escuros são os mais difíceis de clarear, pois podem tender ao avermelhado. O da Marina, por exemplo, seria mais fácil, pois é bem claro”, acredita o hair stylist. 

Investimento

Prepare-se para desembolsar cerca de R$ 700 entre coloração e tratamento pós-pintura. “Mas pode chegar a R$ 2.000, dependendo do salão que o cliente escolher”, alerta Marcelo Moraes. À quantia, some também as manutenções, que devem ser realizadas de três em três meses.

Cuidados

O período de pós-tintura pede uma série de cuidados, que envolvem um cronograma capilar. “Recomendo evitar piscina, usar shampoos desamareladores e seguir as etapas de nutrição, reconstrução e hidratação”, comenta.

Sem químicas

Marcelo Moraes não aconselha esse tipo de transformação em cabelos com progressiva. “São dois processos totalmente incompatíveis. Ambos são fortes. Um é à base de ácido e o outro à base de descolorante. O cabelo não aguenta e quebra”, finaliza.

Últimas notícias