Quer cortar cabelo em casa? Veja a dica deste cabeleireiro famoso

Conhecido pelo corte icônico de Lady Di, entre outras clientes conhecidas, Sam McKnight orienta: “Eu diria não”

atualizado 30/03/2020 13:23

Felipe Menezes/MetrópolesFoto: Felipe Menezes/Metrópoles

Com o isolamento social causado pela pandemia de Covid-19, estabelecimentos comerciais, como salões de beleza, tiveram as atividades interrompidas. Muita gente, então, tem feito em casa tarefas que, normalmente, deixariam na mão de especialistas, como cortar o próprio cabelo. Os resultados, em sua maioria, são desastrosos. Não à toa, o assunto virou meme nas redes sociais.

Conhecido por trabalhar com diversas famosas e pelo curtinho icônico de Lady Di, o britânico Sam McKnight não aconselha quem não tem experiência a cortar as próprias madeixas.

“A não ser que você se sinta muita confiança, eu diria não. Mesmo aparar um tiquinho sua franja pode ser desastroso”, contou, em entrevista à Vogue britânica.

A pergunta a ser feita antes de tomar a decisão, segundo, ele, é simples: “Pese os dois lados. O quão mal você vai se sentir se seu cabelo precisar ser aparado e o quão mal você vai se sentir se seu cabelo ficar horrível?”.

“Tenho amigos que cortam seus próprios cabelos e o resultado fica ótimo, mas eles fazem isso há anos”, salientou. Segundo o profissional, há pessoas que tomam a decisão por ansiedade ou por ceder a pressões das mídias sociais.

“O X da questão é que ninguém vai te ver por um bom tempo. Se você precisa fazer uma reunião por videoconferência, simplesmente prenda o cabelo. Só não se estresse”, resumiu.

Últimas notícias