Receita para o Natal: aprenda a preparar uma deliciosa batalhoada

Nada mais é que a bacalhoada, tradicional prato português, sem o peixe

Thamires Gomes Santiago/Especial para o MetrópolesThamires Gomes Santiago/Especial para o Metrópoles

atualizado 21/11/2018 16:42

Natal é uma época muito especial para mim. Quando criança, era a data de reunir todos os primos, brincar a noite inteira, comer uma comida sem igual e ainda ganhar presentes. Hoje em dia, segue sendo minha época favorita. Amo decorar a casa, planejar o amigo-oculto e, sobretudo, amo saber que é quando vou passar um tempo com a minha irmã que mora fora.

A gente sempre foi da comilança. Só levanta da mesa depois de fazer pausas e repetições nas comidas preferidas. Um clássico é a bacalhoada, prato tipicamente português que leva bacalhau, batatas e cebola. O que aconteceu foi: parei de comer carne e, com o tempo, fui perdendo esse sabor tradicional da época.

As pessoas não sabem como essas épocas são difíceis para os vegetarianos e veganos. Não só porque tudo na ceia leva carne (farofa, três tipos de aves, bacon em legumes assados), mas também porque a gente perde a memória afetiva de algumas receitas.

Eis que descobri a batalhoada. Nada mais é que o prato português sem o peixe! Pode parecer estranho, mas se você não come bacalhau, estava perdendo esse sabor, ou se você comia e, assim como eu, mudou a alimentação, deve sentir falta. Então, hoje te ensino o meu primeiro prato natalino, que, além de ter um sabor sem igual, não vai te deixar sair rolando da mesa no dia do aniversário de Jesus.

Veja receita completa no blog Sunday Slices!

Últimas notícias