Drinque Alexander: aprenda a preparar uma receita da bebida

Invenção do bartender Henry MacElhone leva conhaque, licor de cacau e leite fresco

atualizado 09/01/2019 12:39

Thamires Gomes Santiago/Especial para o Metrópoles

O último da sequência dos drinques é o Alexander. Essa receita é preparada para consumo pós- jantar! O preparo data da década de 1920 e, de lá para cá, ficou tão famoso que, dessa receita, se desdobraram uma série de outras que levam o mesmo nome, mas cada uma com suas particularidades.

A coquetelaria se expandiu no começo do século. Foi quando surgiram vários drinques e eles foram sendo difundidos para mais e mais pessoas. O Alexander foi a invenção de um bartender para uma princesa chamada Mary, que vivia no condado de Harewood, no Reino Unido.

O nome desse bartender era Henry MacElhone, superfamoso nesse universo dos coquetéis. Escreveu um livro na época com histórias da criação de inúmeros clássicos conhecidos por todos. Cheia de dicas, essa obra ainda tem informações muito atuais. Mesmo tendo sido escrito em 1919, segue sendo uma Bíblia para quem gosta da área. Ele criou o Bloody Mary e ficou famoso por servir várias celebridades, como Ernest Hemingway e F. Scott Fitzgerald, além de fazer o maior sucesso servindo drinques americanos para os franceses.

Veja a receita completa no blog Sunday Slices!

Últimas notícias