Vídeo fofo mostra encontro de cadela com dono hospitalizado no DF

As visitas de Paçoca a Carlos Roberto foram incluídas na rotina de tratamento do aposentado. Ele está internado no Hospital do Coração

atualizado 12/04/2019 6:33

DIVULGAÇÃO

Internado no Hospital do Coração do Brasil desde o último 13/3, o servidor público aposentado Carlos Roberto Mello da Silva, 68 anos, recebeu uma visita para lá de especial nesta quinta-feira (11/4). Paçoca, foi levada ao hospital para rever o dono, que possui 10 animais de estimação. O encontro foi sugerido pela família para que o paciente, em recuperação de uma cirurgia cardíaca, recobrasse o ânimo.

Apesar de o procedimento cirúrgico (troca da válvula aórtica por válvula artificial) realizado ter sido um sucesso, é comum que pessoas apresentem certa tristeza depois de uma operação complexa como essa. “O paciente estava bastante desanimado, com dificuldade de aderir ao tratamento. Em conversas com ele, descobrimos que sentia saudades de seus animais”, relata a terapeuta ocupacional Irisney Cavalcante.

A ideia da família foi bem recebida pela equipe do Hospital do Coração, a única exigência foi que a cachorrinha seguisse um protocolo de desinfecção – que incluiu uma visita ao veterinário para conferir a vacinação e outra ao pet shop, a fim de que o animal recebesse higienização completa. A primeira ida de Paçoca ao hospital foi na quinta-feira passada (4/4) e foi feita de surpresa. Na ocasião, os dois repetiram um hábito que mantinham em casa: o de “lerem” as notícias de jornal juntos.

Morador de Arniqueiras, Carlos Roberto tem 10 cachorros, mas a pinscher que foi visitá-lo é uma das favoritas. “Percebemos que ela também estava com muita saudade dele, pela alegria que manifestou”, destaca Irisney. A família de Carlos Roberto contou que, desde a internação, a cachorra fica na cama em que o aposentado dormia, como se estivesse esperando ele chegar.

As visitas de Paçoca serão incluídas no tratamento. A previsão é de que, durante a internação, pelo menos uma vez por semana a cachorra seja levada para encontrar o dono. “Meu pai gostou muito de vê-la, está comendo melhor”, afirma Esther Almeida da Silva, 38, filha caçula de Carlos Roberto.

Veja vídeo do encontro:

Últimas notícias