Viagra: para que serve a sildenafila comprada pelas Forças Armadas?

Medicamento tradicionalmente utilizado no tratamento da disfunção erétil também tem indicação para tratar hipertensão arterial pulmonar

atualizado 13/04/2022 13:46

viagraPfizer/Reprodução

Nos últimos dias, as Forças Armadas adquiriram 35 mil doses do medicamento sildenafila, um genérico do Viagra, utilizado tradicionalmente para casos de disfunção erétil. Segundo o Ministério da Defesa, a compra foi feita para tratar casos de hipertensão arterial pulmonar (HAP), uma doença rara.

O principal questionamento dos especialistas é quanto à dose adquirida, de 25mg e 50mg, que é usada para pacientes com disfunção erétil. Pessoas com HAP tomam comprimidos de 20mg.

A incidência da HAP é de 1 caso para cada 250 mil habitantes, e a maioria dos pacientes é jovem, entre 20 e 40 anos, e mulher. Ela é causada por histórico familiar, uso de drogas ou diagnóstico prévio de outras patologias.

O citrato de sildenafila, princípio ativo do Viagra, é um remédio que age aumentando o relaxamento dos músculos dos vasos sanguíneos e o fluxo de sangue para áreas específicas do corpo como o pênis ou os pulmões.

Esse remédio pode ser comprado em farmácias ou drogarias, na forma de comprimidos de 25, 50 ou 100 mg, em caixas com 1, 2, 4 ou 8 comprimidos, com o nome comercial Viagra, na forma de genérico como citrato de sildenafila, ou como os similares Pramil e Dejavu. Todos devem ser usados com orientação médica.

O citrato de sildenafila específico para o tratamento da hipertensão pulmonar é vendido com o nome comercial Revatio, na dose de 20 mg, em embalagens contendo 90 comprimidos, e deve ser usado com indicação médica.

Para que serve

No caso de disfunção erétil ou impotência sexual em homens, o medicamento age aumentando o relaxamento dos músculos dos corpos cavernosos no pênis, promovendo uma dilatação das artérias e aumentando o fluxo de sangue no órgão, isso auxilia na obtenção e manutenção da ereção.

A sildenafila também é indicada para o tratamento da hipertensão arterial pulmonar em homens ou mulheres, devido à sua ação de relaxamento da musculatura dos pulmões, melhorando a capacidade respiratória e evitando a piora da pressão nos pulmões. (Com informações do portal Tua Saúde)

Mais lidas
Últimas notícias