Veja 5 sinais que podem indicar câncer de mama em homens

Câncer de mama é mais frequente em mulheres, mas pode afetar homens e ter alta taxa de mortalidade devido ao diagnóstico tardio

atualizado 30/08/2022 18:54

Live debate a importância do diagnóstico precoce de câncer de mama Divulgação

O câncer de mama é o principal tipo da tumor que afeta mulheres. Apesar de bem mais raro, esse tipo de neoplasia também se desenvolve em homens e, como a doença é menos conhecida entre o grupo, o diagnóstico pode ocorrer de maneira tardia.

De acordo com a Sociedade Americana do Câncer, a incidência do câncer de mama masculino é de 1 a cada 100 casos de câncer de mama em mulheres. A médica Viviane Rezende de Oliveira, presidente da representação do DF da Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica (SBCO-DF), explica que os sintomas dos tumores em homens são similares aos sinais em mulheres.

“Por achar que câncer de mama só pode ocorrer em mulheres, os homens, até mesmo os que têm risco aumentado para câncer de mama, não procuraram o médico para investigação e, desta forma, tendem a ter o diagnóstico tardio da doença”, lamenta Viviane.

Saiba 5 sinais que podem estar associados à presença de câncer de mama em homens:

  1. Nódulo indolor ou tecido mamário mais espesso;
  2. Alterações na pele junto com o nódulo: vermelhidão, enrugamento, inchaço e aparência semelhante à casca de laranja;
  3. Inversão do mamilo ou saída de sangue ou secreção;
  4. Nódulos (caroços) nas mamas ou axilas;
  5. Vermelhidão no mamilo.
Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
0

Fatores de risco

A oncologista alerta ainda que pacientes com histórico de radiação na parede torácica devem ter a atenção redobrada, pois o rico de câncer de mama para eles fica aumentado em até 7 vezes.

“Chamamos atenção também a nódulos mamários nos homens que têm história familiar para câncer de mama, principalmente se confirmada a síndrome de predisposição familiar à mutação BRCA, ou quando há histórico de Síndrome de Klinefelter, Síndrome de Cowden, Síndrome de Li-Fraumeni ou Síndrome de Lynch. Essas condições também aumentam a chance de desenvolvimento da doença”, afirma a especialista.

É importante lembrar que o hormônio estrógeno, que estimula o desenvolvimento nas mamas, também tem sido implicado como um fator de risco potencial para o câncer de mama nos homens, assim como nas mulheres. Tal fator pode estar associado à obesidade e medicamentos contendo estrógeno.

Além disso, casos excepcionais de homens que tiveram criptorquidismo (ausência do testículo na bolsa escrotal), orquite (inflamação do testículo) e orquictomia (retirada cirúrgica do testículo) podem levar a alterações hormonais relacionadas a mutações cancerígenas.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias