Câncer de mama em transexuais: conscientização pode salvar vidas

Mês da Visibilidade Trans também é alerta para o combate de doenças graves. Câncer de mama em transexuais é assunto sério

atualizado 26/01/2022 18:34

Stela Woo/ Metrópoles

O câncer de mama em transexuais é um tema que merece muita atenção. De acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), uma pesquisa realizada pela University Medical Center, em Amsterdã, indicou que mulheres trans possuem, aproximadamente, 47 vezes mais chances de desenvolverem esse tipo de tumor do que homens cisgêneros.

“As diretrizes da Professional Association for Transgender Health sugerem que o estrogênio pode contribuir para um aumento no risco de desenvolver câncer de mama, assim como o uso da testosterona”, diz a médica Maria Julia Calas, vice-presidente da SBM. De acordo com ela, o número de casos de câncer de mama em transexuais é alto devido aos processos de hormonização para a readequação de gênero.

Por isso, ainda mais no Mês da Visibilidade Trans, é importante ressaltar que a prevenção e os cuidados para identificar possíveis tumores são fundamentais. Afinal, o câncer de mama em transexuais também pode ser fatal. O grande problema, porém, é que a falta de informação e o preconceito costumam atrapalhar o diagnóstico precoce da doença e interferir negativamente no tratamento.

Leia a reportagem completa no Saúde em Dia, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias