metropoles.com

Serotonina: o que é, para que serve e sinais de que está baixa

O neurotransmissor está relacionada a diferentes processos metabólicos. Quando em déficit, pode causar até desânimo e mau humor

atualizado

Compartilhar notícia

iStock
Na foto, uma pessoa sentada com a cabeça abaixada- Metrópoles
1 de 1 Na foto, uma pessoa sentada com a cabeça abaixada- Metrópoles - Foto: iStock

A serotonina é um neurotransmissor que atua no cérebro, estabelecendo comunicação entre as células nervosas, podendo também ser encontrada no sistema digestivo e nas plaquetas do sangue. Esta molécula é produzida a partir de um aminoácido chamado triptofano, que é obtido através dos alimentos.

A serotonina atua regulando o humor, o sono, o apetite, o ritmo cardíaco, a temperatura corporal, a sensibilidade e as funções cognitivas e, por isso, quando está em baixa concentração, pode causar mau humor, dificuldade para dormir, ansiedade ou mesmo depressão.

Uma das formas de aumentar a concentração de serotonina na corrente sanguínea é consumindo alimentos ricos em triptofano, praticar exercícios físicos com regularidade e, em casos mais severos, tomar remédios.

Para que serve a serotonina
A serotonina é muito importante para diversas funções do organismo, por isso, é importante que os seus níveis se encontrem em concentrações saudáveis. As principais funções da serotonina são:

1. Atuar nos movimentos do intestino
A serotonina é encontrada em grande quantidade no estômago e no intestino, ajudando no controle das funções intestinais.

2. Regula o humor
A serotonina atua no cérebro regulando a ansiedade, aumentando a felicidade e melhorando o humor e, por isso, baixos níveis desta molécula podem causar ansiedade e levar à depressão.

3. Regula as náuseas
A produção de serotonina aumenta quando o organismo necessita eliminar substâncias tóxicas do intestino, como, por exemplo, em casos de diarreia. Esse aumento estimula também uma região do cérebro que controla a náusea.

4. Regula o sono
A serotonina estimula as regiões no cérebro que controlam o sono e o despertar. Quando em baixa concentração, pode prejudicar o ciclo circadiano.

5. Coagulação sanguínea
As plaquetas do sangue liberam serotonina para ajudar na cicatrização de feridas. A serotonina leva à vasoconstrição, facilitando assim a coagulação sanguínea.

6. Saúde óssea
A serotonina desempenha um papel na saúde dos ossos, sendo que o seu desequilíbrio pode ter um impacto negativo. Níveis significativamente altos de serotonina nos ossos podem tornar os ossos mais fracos, aumentando o risco de sofrer de osteoporose.

7. Função sexual
A serotonina é uma substância que está relacionada com a libido e, por isso, alterações dos seus níveis, podem diminuir o desejo sexual.

Sinais de que a serotonina está baixa
A baixa concentração de serotonina no organismo pode levar ao aparecimento de sinais e sintomas, como:

Alimentos para aumentar a serotonina
Veja lista de alimentos ricos em triptofano, que servem para aumentar a produção de serotonina no organismo:

  • Chocolate preto;
  • Vinho tinto;
  • Banana;
  • Abacaxi;
  • Tomate;
  • Carnes magras;
  • Leite e seus derivados;
  • Cereais integrais;
  • Castanha do Pará.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSaúde

Você quer ficar por dentro das notícias de saúde mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações