Science: Covid-19 chegou ao Brasil por pelo menos 100 pessoas

Maioria das infecções foi provocada por três linhagens do vírus, com mutações associadas a formas graves da Covid-19

atualizado 24/07/2020 16:58

Mapa coronavírus UnicampUnicamp/Reprodução

Ao fazer a sequenciamento de 427 genomas do novo coronavírus, em 21 estados brasileiros, pesquisadores descobriram que o Sars-CoV-2 entrou no país por, pelo menos, cem pessoas infectadas. A maioria delas veio da Europa. O trabalho científico foi publicado na quinta-feira (23/7), na revista Science.

Os pesquisadores de instituições brasileiras e britânicas usaram amostras do vírus de pessoas doentes com a Covid-19 entre março e abril. Eles observaram que o vírus chegou principalmente pelas capitais com grande fluxo de voos internacionais como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Fortaleza.

Considerado o maior mapeamento de vigilância genômica da Covid-19 na América Latina, o estudo sugere que 76% das infecções no país foram provocadas por três linhagens do novo coronavírus, com mutações associadas a formas graves da Covid-19.

“Todos eles têm uma mutação pontual na proteína spike, que é uma proteína do vírus associada à patogenicidade, com a doença mais grave e com aumento da carga viral”, disse José Luiz Proença Módena, professor do Instituto de Biologia (IB) da Unicamp envolvido na pesquisa, à agência de notícias da universidade.

A taxa de disseminação do vírus caiu com a adoção de medidas de isolamento social, como o fechamento das escolas e do comércio no final de março. Ela passou de superior a 3 – quando uma pessoa consegue transmitir o vírus para outras três -, para entre 1 e 1,6 em São Paulo e no Rio de Janeiro.

0

 

 

Últimas notícias