Pesquisadores da UnB conseguem sequenciar genoma do coronavírus

Equipe do Instituto de Ciências Biológicas (IB) é a primeira da capital a conseguir o feito

atualizado 02/04/2020 15:58

Pesquisadores do Instituto de Ciências Biológicas (IB) da Universidade de Brasília (UnB) sequenciaram um genoma da do novo coronavírus. É a primeira equipe do Distrito Federal a conseguir o feito.

O avanço só foi possível graças a uma amostra fornecida pelo laboratório Sabin, com autorização do paciente infectado. Atuaram no procedimento o biomédico Ikaro Alves e os virologias Bergmann Ribeiro, Tatsuya Nagata e Fernando Lucas.

O sequenciamento é importante ferramenta para a pesquisa, pois ajuda a ilustrar a dinâmica de dispersão da doença na capital.

Para o sequenciamento do genoma, os cientistas usaram, também, equipamentos cedidos pelo Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

 

Últimas notícias