Saúde fará investimento de R$ 20 milhões em prevenção do câncer de pênis

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (11/11), o ministro Pazuello e técnicos da pasta chamaram atenção para a saúde do homem

atualizado 11/11/2020 17:33

eduardo pazuelloGustavo Moreno/Especial para o Metrópoles

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (11/11), o Ministério da Saúde lançou uma campanha para incentivar homens a dar mais atenção à saúde e apresentou um projeto para o desenvolvimento de ações de promoção para prevenção do câncer de pênis. Serão investidos mais de R$ 20 milhões.

Os recursos serão enviados para os estados do Piauí, Maranhão, Tocantins, Pará e Sergipe, as unidades federativas com maior taxa de mortalidade deste tipo de câncer. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), a previsão é que 1.130 homens sejam diagnosticados com a doença este ano, e em alguns casos, pode ser necessária a amputação do órgão.

A má-higiene íntima é um dos principais fatores para o desenvolvimento da doença. A portaria será assinada e publicada ainda nesta quarta.

A pasta também pretende fechar um acordo de cooperação técnica com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) para ampliar as práticas de prevenção, diagnóstico precoce e tratamento dos cânceres de pênis, próstata e testículo.

Segundo o Ministério da Saúde, homens na faixa dos 40 a 59 anos são os que mais procuram atendimento em postos de saúde e, mesmo durante a pandemia de Covid-19, 11.066.879 pessoas deste intervalo etário buscaram serviços de saúde.

A cerimônia marcou a primeira presença pública do ministro Eduardo Pazuello depois de se recuperar do coronavírus. O ministro ficou afastado por três semanas e chegou a ser hospitalizado para lidar com uma desidratação.

Mais lidas
Últimas notícias