Sanofi decide interromper a produção de vacina de RNA contra a Covid

Laboratório informou que irá continuar com pesquisas de outro imunizante contra a doença. Resultados dos testes devem sair até dezembro

atualizado 28/09/2021 13:02

iStock

Apesar dos bons resultados com a vacina de RNA contra a Covid-19, o laboratório francês Sanofi vai interromper a produção do imunizante da empresa contra o novo coronavírus. O anúncio foi feito nesta terça-feira (28/9).

Por meio de nota, a empresa divulgou também que, mesmo com a suspensão, irá continuar com a pesquisa de outra vacina contra a Covid-19. Os resultados dessa nova aposta, que já está na fase 3 de testes clínicos, devem sair até o fim deste ano e se baseiam em uma fórmula com proteína recombinante. O imunizante será desenvolvido em parceria com a empresa britânica GSK.

Saiba como as vacinas contra Covid-19 atuam:

0

A Sanofi justifica a interrupção da produção da vacina de RNA por considerar que o imunizante chegaria muito tarde ao mercado, pois até o fim do ano a produção de vacinas contra a Covid-19 deve alcançar a marca de 12 bilhões de doses.

O vice-presidente do setor de vacinas da empresa, Thomas Triomphe, declarou à Agência de Notícias France Presse que o foco agora é municiar a Europa com uma quantidade grande de vacinas para o enfrentamento de outras possíveis doenças. O dirigente afirmou ainda que a Sanofi não pensa em alcançar a fase 3 de testes clínicos para o novo imunizante, “pois não há uma necessidade de saúde pública de ter outra vacina de RNA mensageiro”.

“A necessidade não é criar novas vacinas contra a Covid-19 de RNA, e sim de estocar a França e a Europa com um arsenal de imunizantes de RNA mensageiro para uma próxima pandemia, para novas patologias”, informou.

Últimas notícias