Anvisa libera estudo clínico de vacina contra Covid da Sanofi Pasteur

Fórmula usa tecnologia de RNA, assim como o imunizante da Pfizer e da Moderna. Devem participar da primeira fase 150 voluntários

atualizado 06/07/2021 12:52

O diretor da Anvisa diz que devemos fazer tudo ao nosso alcanceMichael Melo/ Metrópoles

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, nesta terça-feira (6/7), o início do estudo clínico da vacina de RNA da Sanofi Pasteur contra a Covid-19 no Brasil. O imunizante usa a mesma tecnologia das vacinas da Pfizer e Moderna.

Participarão do levantamento 150 voluntários da Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro. Serão aplicadas duas doses, com 21 dias de intervalo, e os pesquisadores testarão três diferentes dosagens da vacina.

O estudo é de fase 1/2, e pretende verificar a segurança do imunizante, assim como qual é a resposta imune que ele promove no organismo humano. A pesquisa da Sanofi também será realizada em pacientes dos Estados Unidos, Honduras e Austrália. Caso a fórmula se mostre promissora, a vacina passará para a terceira etapa do estudo, onde será aplicada em uma quantidade maior de voluntários para verificar a eficácia e possíveis reações adversas.

0

Mais lidas
Últimas notícias