Quer engravidar? Veja alimentos que favorecem a saúde reprodutiva

Nutricionista indica alimentos que devem ser incluídos na dieta de casais que desejam ter filhos e outros que precisam ser evitados

atualizado 09/08/2022 17:57

Foto colorida de grávidaUnsplash/Reprodução

Um estilo de vida saudável é determinante para casais que desejam ter filhos. No caso do homem, por exemplo, vícios podem piorar a qualidade do sêmen. Na mulher, hábitos ruins também diminuem a saúde dos ovários. Para ambos, a alimentação precisa estar em dia para facilitar a fecundação.

“O sonho da maternidade e da paternidade pode ser um grande desafio para muitos casais que sofrem com a infertilidade. Estudos epidemiológicos demonstram que 15% dos casais apresentam infertilidade. No entanto, a concepção pode ser algo possível de se atingir de forma natural a partir de mudanças adequadas no estilo de vida”, afirma a nutricionista Inarí Ciccone, especialista em Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Federal do Estado de São Paulo (UNIFESP) e Mestre em Ciências da Saúde pela FMUSP.

A profissional preparou duas listas: uma com alimentos que devem ser incluídos na dieta e outra com os que devem ser evitados por casais que estão tentando ter filhos. Confira!

5 alimentos que ajudam a engravidar

1. Nozes: as castanhas são fontes de gorduras boas e de antioxidantes, o consumo frequente delas está relacionado à melhora da qualidade do espermatozoide e do óvulo;

2. Peixes de água fria: o ômega-3 tem ação anti-inflamatória, além da alta concentração de zinco, mineral necessário para a maturação da célula reprodutiva tanto no homem como na mulher;

3. Vegetais verdes escuros: o consumo regular desses alimentos aumenta o teor de antioxidantes na dieta, compostos bioativos importantes para proteger as células reprodutivas. Exemplos desse tipo de alimento são couve e brócolis;

4. Aveia: por ser fonte de fibra solúvel, o seu consumo ajuda a evitar os picos de liberação de insulina, hormônio que afeta negativamente a produção dos hormônios sexuais;

5. Ostras: as ostras são riquíssimas em zinco, mineral essencial para a formação do espermatozoide e para a maturação do oócito, célula reprodutiva da mulher. 

5 alimentos que atrapalham a fecundação

1. Margarina: alimentos ricos em gorduras trans, como é o caso da margarina, deterioram a qualidade das células reprodutivas e pioram a sensibilidade à insulina;

2. Refrigerante: o elevado teor de açúcar refinado combinado com corantes e compostos químicos é altamente prejudicial para o sistema reprodutivo. De acordo com a nutricionista, o consumo frequente de refrigerantes reduz pelo menos 25% do potencial fértil na mulher e 33% no homem;

3. Biscoito recheado: a combinação de açúcar, farinha branca, corante e gordura vegetal hidrogenada prejudica a integridade da célula reprodutiva, seja o óvulo da mulher ou o espermatozoide no homem. O consumo desse tipo de alimento aumenta a produção de radicais livres, compostos que prejudicam a qualidade das células;

4. Embutidos: alimentos ricos em sódio, gordura saturada e nitritos, como bacon e calabresa, além de provocarem o aumento da resposta inflamatória, pioram a eficiência dos hormônios e, consequentemente, a qualidade das células reprodutivas. O ideal é evitar o consumo frequente; 

5. Açúcar refinado e adoçante químico: uma vez consumidos, eles desequilibram o metabolismo hormonal e favorecem reações que deterioram as células reprodutivas. O consumo excessivo de açúcar provoca resistência à insulina. Essa condição tem relação direta com a síndrome do ovário policístico na mulher e com a baixa da produção de testosterona no homem, condições que pioram a fertilidade. 

Mais lidas
Últimas notícias