OMS: máscaras não previnem contágio, mas diminuem transmissão

Segundo a Organização, a proteção é indicada para pessoas que já contraíram o coronavírus

atualizado 27/02/2020 14:41

Igo Estrela/Metrópoles

Máscaras de proteção são indicadas apenas para pessoas que já contraíram o coronavírus, como forma de prevenir a transmissão da doença. A recomendação foi feita pela Organização Mundial da Saúde (OMS), durante coletiva de imprensa em Genebra, na Suíça, nesta quinta-feira (27/02/2020).

Representantes da entidade explicaram que a prevenção contra o coronavírus é similar às medidas contra a gripe, como higienização constante das mãos.

No entanto, eles explicaram que, diferentemente da influenza, o coronavírus ainda pode ser contido. “Com medidas de contenção, é possível ver recuo no número de casos”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Últimas notícias