Notícia boa! Tasmânia erradica a Covid-19. Último paciente se recupera

Segundo o premiê Peter Gutwein, o estado insular da Austrália registrou 13 mortes pela Covid-19. Dos 226 infectados, 213 já se recuperaram

atualizado 12/06/2020 10:02

Premiê da Tasmânia Peter GutweinReprodução/Facebook

O premiê Peter Gutwein anunciou, nesta sexta-feira (12/06), que a Tasmânia está completamente livre do novo coronavírus, que causa a Covid-19. Segundo ele, nenhum caso novo da doença foi registrado nos últimos 27 dias no estado insular da Austrália.

“Hoje, depois de mais de três meses, tenho o prazer de informar que mais uma vez não tivemos mais casos positivos ontem e, mais importante, não temos casos ativos na Tasmânia até hoje”, disse Gutwein à imprensa local.

0

Fronteira fechada

Por conta do avanço no controle da doença, o governo deve afrouxar algumas restrições na próxima semana. Reuniões ao ar livre permitirão 80 pessoas, no máximo, a partir de quarta-feira (17/06). A Covid-19 deixou 13 mortos na região. Dos 226 casos da doença, 213 já se recuperaram.

O limite de 80 pessoas também deverá ser aplicado às academias, bares, além de casamentos e funerais. No entanto, Gutwein disse que a fronteira da Tasmânia continuará fechada e que a decisão será revista novamente no próximo mês.

A Tasmânia, o Território do Norte, a Austrália do Sul e a Austrália Ocidental estão em discussões para estabelecer restrições de viagens por conta da pandemia.

Últimas notícias