Mel e Lis: 11 meses comemorados com festa entre familiares

As meninas seguem no centro de terapia intensiva com visitas restritas. Os pais, Rodrigo e Camilla, receberam os cumprimentos por elas

Luci Vânia/ Foto cedida pela famíliaLuci Vânia/ Foto cedida pela família

atualizado 01/05/2019 16:45

No centro de terapia intensiva do Hospital da Criança, as gêmeas siamesas Mel e Lis, completaram 11 meses nesta quarta-feira (01/05/2019). A recuperação segue dentro do esperado, com Lis já respirando sem aparelhos e Mel voltando do coma induzido aos poucos. O neurocirurgião Márcio Marcelino afirmou que, desde terça (30/04/2019), Mel está se mostrando mais reativa, o que anima a equipe médica.

O estado de coma induzido é um procedimento padrão adotado para que o cérebro possa se recuperar sem danos de uma cirurgia tão complexa quanto a que foi feita. As gêmeas foram operadas no último sábado (27/04/2019) em um procedimento inédito no Distrito Federal. O caso de Mel e Lis – que eram unidas pelo crânio, foi o décimo no mundo em que houve indicação para cirurgia.

De acordo com a equipe clínica, um dos fatores propícios para o procedimento de separação das meninas foi exatamente a posição na qual estavam unidas – pelo lado direito da parte de frente das cabeças. Durante a pesquisa de literatura científica feita para o planejamento da cirurgia, não foram encontradas fotos de ligações semelhantes a delas. As imagens eram de craniópagos unidos pela parte de cima das cabeças.

Com visitas restritas – a entrada no centro de terapia intensiva é estritamente controlada, quem recebeu os cumprimentos pelo “mesversário” das filhas foram Camilla Vieira Neves, 25 anos, e Rodrigo Martins Aragão, 30. Os pais, que acompanham a internação diuturnamente, foram visitados por parentes e amigos, de acordo com a assessoria de comunicação do Hospital da Criança de Brasília.

A expectativa é que as duas recebam alta do centro de terapia intensiva em 15 dias. A meta da equipe médica é que, daqui a um mês, o aniversário de 1 ano seja comemorado na enfermaria do hospital com outras crianças.