Macacos roubam amostras de sangue de pacientes com coronavírus na Índia

O bando atacou um técnico do laboratório enquanto ele caminhava com o conteúdo. Autoridades tentam tranquilizar as pessoas

atualizado 29/05/2020 19:26

Getty Images

A vizinhança de Uttar Pradesh, estado no norte da Índia, está preocupada com um possível aumento no número de infectados pelo novo coronavírus. O motivo, no entanto, chega a ser bizarro. Um grupo de macacos atacou um  empregado do laboratório da faculdade de medicina local e levou amostras de sangue de quatro pacientes contaminados com o novo coronavírus.

De acordo com informações da Agência Reuters, o “furto” ocorreu nesta semana quando um técnico do laboratório caminhava com as amostras. Uma das principais autoridades da faculdade, SK Garg reconheceu o incidente e admitiu que foi necessária a realização de novas coletas.

“De acordo com nossas informações, as amostras que foram arrebatadas não são as amostras de teste que consistem no cotonete da garganta e da língua. Essas foram amostras de sangue coletadas de pacientes da Covid-19 durante o tratamento de rotina”, informou Garg.

Ele afirmou ainda que não havia indícios de que o conteúdo levado pelos macacos tinha sido derramado pelo caminho.

Apesar disso, as autoridades médicas locais tranquilizaram a população dizendo que não há motivo para pânico. “Não foram encontradas evidências de que os macacos possam contrair a infecção“, disse Garg à Reuters.

Últimas notícias