Indonésia inicia programa de vacinação contra Covid-19 com Coronavac

Após receber a primeira dose do imunizante, o presidente Joko Widodo, 59 anos, incentivou a população a se vacinar

atualizado 13/01/2021 8:55

ndonesian Presidency/Handout/Anadolu Agency via Getty Images

A Indonésia começou nesta quarta-feira (13/1) a imunizar a população contra o novo coronavírus. O país usa a vacina Coronavac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac Biontech, a mesma fabricada pelo Instituto Butantan, de São Paulo. A primeira dose foi aplicada no presidente Joko Widodo, 59 anos, (foto em destaque).

“A vacinação é importante para quebrar a cadeia de transmissão da Covid-19, dar proteção e segurança a todos os indonésios e ajudar a acelerar a recuperação econômica”, disse o presidente, após ser imunizado.

O uso emergencial da vacina foi aprovado na última segunda-feira (11/1), mesmo dia em que o país informou que a Coronavac oferece 65,3% de eficácia contra a infecção.

O programa de vacinação da Indonésia é o primeiro fora da China a usar a Coronavac em larga escala. O governo espera imunizar 181,5 milhões de pessoas (67% da população), a fim de alcançar a imunidade coletiva. Para isso, serão necessárias 427 milhões de doses, incluindo uma taxa de perda estimada em 15%.

A expectativa é de que toda a população seja imunizada em até 15 meses. Cerca de 1,5 milhão de profissionais de saúde devem ser vacinados até fevereiro, de acordo com o ministro da Saúde do país, Budi Gunadi Sadikin

Com mais de 846 mil casos de Covid-19 e 24,6 mil mortes em decorrência da doença, o país vive um dos piores surtos da epidemia na Ásia. (Com informações da Agência Estado)

0

 

 

Últimas notícias