metropoles.com

Exames pós-Covid: saiba como prevenir sequelas graves da doença

Especialista alerta para os problemas que o vírus pode provocar a longo prazo e a importância de realizar exames pós-Covid

atualizado

Compartilhar notícia

iStock/Foto Ilustrativa
exame laboratorial
1 de 1 exame laboratorial - Foto: iStock/Foto Ilustrativa

Realizar exames pós-Covid-19 tornou-se uma verdadeira prática de segurança. De acordo com dados da (Organização Mundial de Saúde (OMS), uma a cada 10 pessoas infectadas pelo coronavírus pode apresentar sequelas após três meses. Já um estudo da Universidade de Leicester, no Reino Unido, indicou que – entre os pacientes que precisaram de hospitalização – aproximadamente 70% apresentaram alguma sequela cinco meses após a alta.

E as sequelas são inúmeras, podem provocar problemas vasculares, cardíacos, pulmonares, neurológicos e mais. Tudo porque o coronavírus tem a capacidade de gerar uma infecção generalizada no organismo, atingindo vários órgãos do corpo.

Mesmo após o paciente se curar da Covid-19, ele pode permanecer com alguma região acometida pela doença e desenvolver problemas graves após um certo período. Por isso, a realização de exames pós-Covid-19 é fundamental.

“Além de redobrar os cuidados já recomendados, como uso de máscaras, lavar as mãos com frequência, manter o distanciamento social e o esquema vacinal completo, é fundamental também fazer uma série de checkups após a contaminação”, explica o médico radiologista Egídio Cuzzioll.

0

Segundo o especialista, o principal exame pós-Covid-19 é a tomografia do tórax, que permite analisar a gravidade das lesões causadas pelo vírus. “A partir deste exame, conseguimos classificar o nível de comprometimento e contribuir, assim, para que a equipe médica realize um tratamento mais adequado, de forma individualizada e assertiva, do paciente”, diz.

Leia a reportagem completa no Saúde em Dia, parceiro do Metrópoles.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSaúde

Você quer ficar por dentro das notícias de saúde mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações