Europa vive ameaça real de ressurgimento da pandemia, diz OMS

O relaxamento das medidas de proteção e as baixas taxas de adesão de alguns países à vacinação contribuíram para aumento de casos de Covid

atualizado 04/11/2021 11:37

Hans Kluge, diretor da OMSDonat SorokinTASS via Getty Images

O chefe do escritório regional da Organização Mundial de Saúde (OMS) na Europa, Hans Kluge, disse nesta quinta-feira (4/11) que uma região de 53 países localizados entre a Europa e a Ásia Central enfrenta uma “ameaça real” de ressurgimento da pandemia da Covid-19 nas próximas semanas ou já está passando por uma nova onda de infecções.

O aumento do número de casos da doença, próximos aos níveis recordes relatados no início da pandemia, preocupa as autoridades internacionais. A região que inclui vários países que formavam a antiga União Soviética registrou quase 1,8 milhão de novos casos semanais – aumento de aproximadamente 6% em relação à semana anterior – e 24 mil mortes semanais – acréscimo de 12%.

“Estamos em outro momento crítico do ressurgimento da pandemia. A Europa está de volta ao epicentro da pandemia, onde estávamos há um ano”, disse Kluge na sede da OMS em Copenhagen, na Dinamarca.

Veja quais são os sintomas mais frequentes de Covid-19:

0

 

O representante da OMS relaciona o crescimento de casos ao relaxamento das medidas de prevenção e às baixas taxas de vacinação em algumas áreas. A Europa vive diferentes estágios de implementação da vacinação. Apenas oito países têm atualmente 70% de suas populações totalmente vacinadas.

As taxas de hospitalização pela Covid-19 mais do que dobraram na última semana na região citada pelo especialista. Segundo Kluge, se essa trajetória não mudar, podem surgir outras 500 mil mortes até fevereiro de 2022.

O diretor da OMS destaca que hoje as autoridades de saúde têm muito mais conhecimento sobre o vírus, com melhores ferramentas para combatê-lo. “Devemos mudar nossas táticas, de reagir aos surtos de Covid-19, para evitar que eles aconteçam, em primeiro lugar”, disse.

Mais lidas
Últimas notícias