Está entrevado? Veja dicas para evitar dores no corpo durante o home office

As queixas de incômodos ortopédicos e musculares têm aumentado durante a pandemia de Covid-19

atualizado 23/06/2020 13:40

Mulher com dor nas costasFreePik

A migração do ambiente de trabalho para um espaço nem sempre adaptado dentro de casa tem provocado reclamações aos médicos. O isolamento social necessário para a prevenção ao novo coronavírus atua como um vilão para doenças que não se enquadram na pandemia, mas podem se tornar graves e crônicas. Os problemas mais comuns relatados aos especialistas vão desde distensões musculares, passando por tendinite em grau elevado, até o início de desenvolvimento de hérnias na coluna.

“O home office, geralmente, não é feito no ambiente adequado. Isso traz incômodos ortopédicos e musculares e pode, sim, se tornar um problema crônico”, relata o fisioterapeuta Bruno Alves, especialista em terapia manual e postural e professor da Faculdade Anhanguera.

A postura errada durante o confinamento pode provocar ainda enxaqueca, dores de cabeça e na coluna. “Junto ao fator ergonômico, existe também o fator emocional, devido à mudança de rotina. As pessoas estão com medo, tensas e isso contribui para o surgimento de dores musculares. Chega a ser curioso. Parece que voltamos no tempo. Antigamente, falávamos muito em doenças osteomusculares relacionadas ao trabalho. Era um tema esquecido, mas agora voltou com tudo”, reforça Beatriz Garcia, fisioterapeuta e proprietária da clínica Fisio Global.

Dicas para evitar dores no home office

Sentado ao computador
– O olhar deve estar no centro da tela do computador, com postura ereta e pés tocando o chão (com 90º na articulação do joelho).

– Procure sentar sobre os ísquios (ossos que constituem a zona inferior da pélvis). Ao sentar em cima da mão, dá para sentir esses ossos. A coluna (lombar, torácica e cervical) tende a ficar alinhada.

– Caso a altura não seja a ideal, improvise livros embaixo da tela do computador. Você também pode recorrer a almofadas e um banquinho para regular o apoio aos pés.

– Uma adaptação importante é conseguir uma cadeira com apoio de braço. Os membros superiores soltos contribuem para dores articulares, sobretudo no ombro.

Pausa programada
– Ainda que seu trabalho permita poucas pausas, preze por elas. O recomendado é a cada 45 minutos ou 1h, alongar, tomar uma água ou um café. O simples fato de caminhar até o filtro para buscar água já contribui para a saúde do corpo.

– Caso seja possível, incorpore uma série de alongamento na sua rotina. 

Sentiu dor? Procure o especialista
– Não demorar para tratar o incômodo é primordial no tratamento. Quanto mais cedo buscar ajuda profissional, mais rápida será a recuperação.

Últimas notícias