“Cuidem dos idosos. É hora de filho cuidar de pai”, diz Mandetta

O ministro da Saúde reforçou a recomendação de que os idosos recebam atenção especial das famílias durante o enfrentamento ao coronavírus

atualizado 17/03/2020 18:02

iStock

O ministro Luiz Henrique Mandetta reforçou a recomendação de que os idosos recebam atenção especial das famílias durante o enfrentamento do coronavírus no país. “Cuidem dos idosos. É hora de filho e filha cuidarem dos pais”, afirmou Mandetta, durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta terça-feira (17/03), que atualizou os números de casos confirmados do novo coronavírus no país.

O ministro também pediu que os pais evitem levar crianças para a casa dos avós. “Muitas vezes, as crianças são portadores assintomáticos. É muito difícil evitar o contato de um avô, uma avó com um neto.  Não podemos deixar nossos idosos em risco”, afirmou.

De acordo com Mandetta, a saúde dos idosos é prioritária para evitar o estrangulamento das unidades de terapia intensiva do país, pois o grupo tende a apresentar quadros mais graves da doença.

Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil tem atualmente 291 casos confirmados de coronavírus, há ainda 8.819 pacientes suspeitos e 1.890 casos descartados para a infecção pelo novo vírus.

Últimas notícias