Mão segurando seringa

Covid: vacina para crianças com menos de 5 anos é eficaz, diz Pfizer

Empresa pretende pedir autorização para uso nos EUA ainda nesta semana. Programa inclui três doses, e crianças tiveram resposta imune forte

atualizado 23/05/2022 16:27

Mão segurando seringaRafaela Felicciano/Metrópoles

A Pfizer e a BioNTech divulgaram, nesta segunda-feira (23/5), os resultados de um estudo que comprova eficácia e segurança da vacina contra a Covid-19 para crianças entre 6 meses e 5 anos de idade.

Após receberem três doses do imunizante, os 1.678 voluntários apresentaram resposta imune semelhante à de jovens entre 16 e 25 anos. Os resultados não foram publicados em revista científica até o momento. A Pfizer pretende submeter os dados ao FDA (equivalente à Anvisa nos EUA) para pedir autorização emergencial ainda nesta semana.

Segundo as empresas, a eficácia do imunizante para este público é de 80,3% até o momento, mas a porcentagem só será confirmada depois que pelo menos 21 crianças apresentarem casos sintomáticos da Covid-19 após a vacinação.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
0

“Esses dados de segurança, imunogenicidade (capacidade de desencadear resposta imune) e eficácia são encorajadores, e esperamos completar o processo de submissão das informações aos órgãos, globalmente, com a esperança de disponibilizar esta vacina para crianças pequenas, o mais rápido possível”, explica o CEO da Pfizer, Albert Bourla, em comunicado à imprensa.

As doses para a faixa etária são menores do que as aplicadas em pessoas mais velhas, e o regime é completado após três injeções – as duas primeiras devem ser inoculadas em um intervalo de três semanas, e a última, dois meses depois.

Mais lidas
Últimas notícias