Covid-19: OMS espera distribuir vacina ainda em 2020 e busca maneira justa

Declaração foi dada pela cientista-chefe da entidade, Soumya Swaminathan, nesta quinta-feira (18/06)

atualizado 18/06/2020 16:24

vacina sendo aplicadaistock

De acordo com Soumya Swaminathan, cientista-chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), a entidade está otimista que centenas de milhões de vacinas contra o coronavírus estarão disponíveis até o final de 2020. A declaração foi feita em entrevista coletiva nesta quinta-feira (18/06).

Ainda não há nenhuma imunização pronta e aprovada — existem pelo menos 200 fórmulas sendo criadas ao redor do mundo –, e apenas três estão entrando na terceira fase de estudo clínico, quando um grupo grande de pessoas é vacinado para testar se a imunização, de fato, funciona.

Swaminathan explica ainda que a OMS está estudando quais os grupos devem ter prioridade na vacinação. Profissionais de saúde, idosos, pacientes com comorbidades ou moradores de áreas de alta transmissão (prisões ou casas de repouso, por exemplo) estariam na frente na fila de acesso.

“Estou esperançosa, otimista. Mas o desenvolvimento de vacinas é uma empreitada completa e envolve muita incerteza. O bom é que temos muitas vacinas e plataformas. Se a primeira ou a segunda fracassarem, não devemos perder a esperança nem desistir”, disse a cientista-chefe.

0

Últimas notícias