Covid-19: França entra em terceiro lockdown neste fim de semana

Medida começou a valer neste sábado (3/4). Comércio não essencial e escolas estão proibidas de funcionar por um mês

atualizado 03/04/2021 16:17

lockdown frança parisClément Dellandrea/Unsplash

Conforme anúncio feito pelo presidente Emmanuel Macron, a França entrou em lockdown novamente neste sábado (3/4). Esta é a terceira vez que o país fechará as portas do comércio considerado não essencial e das escolas. A decisão foi tomada para conter uma nova onda de Covid-19, que já está sobrecarregando o serviço de saúde francês. O toque de recolher noturno, em vigor desde o fim de 2020, será mantido.

Em março de 2020, autoridades da França iniciavam medidas para conter o avanço do coronavírus no país. À época, todos os estabelecimentos públicos não essenciais, como restaurantes, bares, cafés, cinemas, boates e lojas, foram fechados a partir de meia-noite.

Em 16 de março do ano passado, Macron determinou, ainda, uma quarentena de 15 dias e o fechamento das fronteiras por um mês. Além do isolamento, o presidente francês ordenou a suspensão de contas de eletricidade, água, gás e aluguel, por 45 dias.

O segundo lockdown foi decretado em outubro de 2020, quando Macron anunciou que temia que a uma nova onda pandêmica causasse 400 mil óbitos na França. O confinamento foi parcial – escolas de ensino fundamental e médio permaneceram abertas.

De acordo com dados da Universidade Johns Hopkins, a França contabiliza atualmente 4.707.488 casos de Covid-19 e 95.677 mortes causadas pela doença.

Veja como o coronavírus ataca o corpo:

0

 

Últimas notícias