Covid-19: Brasil supera EUA em taxa de mortes por 100 mil habitantes

Universidade Johns Hopkins coloca o país em 10º lugar, com taxas próximas a da Suécia e da Itália

atualizado 26/08/2020 13:58

O Brasil superou os Estados Unidos nesta quarta-feira (26/8) em relação ao número de mortes causadas pela Covid-19 por 100 mil habitantes.

De acordo com a Universidade Johns Hopkins, que faz o acompanhamento diário da pandemia provocada pelo novo coronavírus, o Brasil apresenta 55,05 mortes para cada grupo de 100 mil habitantes, enquanto os Estados Unidos registram 54,18 mortes por 100 mil habitantes.

Seguindo este recorte, o Brasil ficaria em 10º lugar no ranking mundial de países mais atingidos pelo coronavírus. San Marino, pequeno país europeu de pouco mais de 33 mil habitantes está na liderança, com 124,32 mortes para cada 100 mil habitantes. Em seguida, aparecem Bélgica (87,51), Peru (86,48), Andorra (68,83) e Reino Unido (62,44).

Depois de superar os Estados Unidos, o Brasil está próximo dos números da Suécia (57,08) e da Itália (58,65).

Em relação ao número absoluto de mortes e casos confirmados, o Brasil é o 2º país mais atingido no mundo desde junho. O 1º é o Estados Unidos. Outro número que chama atenção é a posição de São Paulo como o estado no mundo com mais pessoas diagnosticadas com a doença: 765.670.  (Com informações da Agência Estado)

Mais lidas
Últimas notícias