Covid-19: bilionários brasileiros planejam construir fábrica de vacina

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, a obra está orçada em US$ 30 mi e será doada ao governo federal

atualizado 22/06/2020 18:16

Vacina do coronavírus testada em São PauloGetty Images

Os bilionários brasileiros Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira estão dispostos a construir uma unidade de produção de vacinas contra o novo vírus no país.

De acordo com o jornalista Lauro Jardim, colunista do jornal O Globo, os acionistas da AB InBev aguardam o resultado dos testes coordenados pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) para o método de imunização desenvolvido pela Universidade de Oxford para fazerem a boa ação.

Caso os resultados sejam positivos, eles prometem realizar a obra, orçada em US$ 30 mi, e doá-la ao governo federal.

A vacina que está em testes em São Paulo e no Rio Janeiro é considerada como uma das mais promissoras do mundo. Os exames no país envolvem 2 mil voluntários de São Paulo e do Rio de Janeiro, metade de cada estado.

Últimas notícias