Coronavírus: número de casos suspeitos no Brasil cai de 11 para 9

Dado foi atualizado na manhã desta quinta-feira (06/02/2020) durante a reunião com os secretários de Saúde para tratar da epidemia

atualizado 06/02/2020 10:13

imagem de um coronavírusCDC/Unsplash

O número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil diminuiu para 9, segundo o Ministério da Saúde. Enquanto isso, 24 casos foram descartados — a maioria era causada por vírus influenza, muito comum nesta época.

Os casos investigados são em Minas Gerais (1), Rio de Janeiro (1), Rio Grande do Sul (3), Santa Catarina (1) e São Paulo (3).

Segundo o secretário de vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira, o dado comprova a capacidade das instituições de saúde em tratar e definir exatamente o elemento causador do problema.

Os dados foram divulgados durante a reunião do ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta com os secretários de saúde estaduais e representantes das secretarias de saúde municipais. O objetivo é definir, conjuntamente, um plano de ação pra conter o vírus, caso chegue em território nacional, e alinhar a resposta no caso de infecção.

Todos os pacientes considerados suspeitos precisam se encaixar na definição prevista pela Organização Mundial de Saúde (OMS): apresentar sintomas respiratórios, como tosse, acompanhados de febre e ter estado na China 14 dias antes do início desses sintomas.

Brasileiros na China

Na quarta-feira (05/02/2020), dois aviões VC-2 da Força Aérea Brasileira (FAB), normalmente usados no transporte presidencial, partiram de Brasília poucos depois do meio-dia com a missão de resgatar 34 brasileiros na cidade de Wuhan, na China, epicentro do surto internacional de coronavírus.

A missão teve início oficial na terça-feira (04/02/2020), quando dois jatos Legacy da FAB partiram para Varsóvia, na Polônia, com tripulantes que farão o revezamento do serviço de voo, uma vez que serão 62 horas ininterruptas de trabalho.

Últimas notícias