Coronavírus: “Próximos de 300 casos suspeitos”, diz Gabbardo

Com a inclusão de 17 países na lista de alerta do Ministério da Saúde, o número de notificações saltou nos últimos dias

atualizado 27/02/2020 20:09

Com a inclusão de 17 países na lista de alerta do Ministério da Saúde, o número de casos suspeitos passou de 20 para 132 nesta quinta-feira (27/02). As notificações cresceram a tal ponto que o executivo estima que existam ao menos 300 casos que se enquadram nos critérios de investigação. Segundo o secretário-executivo do ministério, João Gabbardo, “dá para avaliar que estamos próximos de 300 casos suspeitos de coronavírus“.

Os critérios para a definição de um caso suspeito são apresentar febre e mais um sintoma gripal, como tosse ou falta de ar e ter estado na Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália, Malásia, Japão, Cingapura, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Tailândia, Vietnã e Camboja, além da China, nos últimos 14 dias. A partir, daí é iniciado o protocolo de exames laboratoriais que pode confirmar ou não a infecção pelo vírus.

No tarde de quinta-feira (27/02), 213 notificações que estavam sendo analisadas para definir se a etapa de exames laboratoriais seria iniciada.

Últimas notícias