metropoles.com

Confira 11 exercícios simples que aumentam a memória e a concentração

Ao estimular o cérebro, as atividades conseguem tornar o raciocínio mais rápido e previnem o declínio cognitivo

atualizado

Compartilhar notícia

Robina Weermeijer/Unsplash
memória cérebro perda de memória
1 de 1 memória cérebro perda de memória - Foto: Robina Weermeijer/Unsplash

Exercícios para memória e concentração são importantes para manter o cérebro ativo. Essas práticas também aumentam a capacidade de aprendizado e ajudam a prevenir o declínio cognitivo que pode acontecer ao longo do tempo.

Os exercícios podem ser feitos em casa, mas é fundamental consultar um médico neurologista se a dificuldade de memorização estiver acompanhada de alterações na linguagem ou se estiver atrapalhando atividades cotidianas.

Para promover a saúde cerebral, também é importante consumir alimentos ricos em magnésio, vitamina E e ômega 3, pois eles estimulam a função cerebral associada à memória. Alguns exemplos de alimentos com estes nutrientes são peixe, nozes, laranja e banana.

Confira alguns exercícios que ajudam a aumentar sua memória
  • Praticar jogos como sudoku, 7 erros, caça-palavras, dominó, palavras cruzadas ou montar um quebra-cabeças;
  • Ler um livro ou assistir um filme e depois contar para alguém;
  • Fazer uma lista de compras, mas evitar utilizá-la durante as compras e, em seguida, conferir se comprou tudo que estava anotado;
  • Tomar banho de olhos fechados e tentar lembrar o local das coisas;
  • Mudar o percurso que faz diariamente, pois quebrar a rotina estimula o cérebro a pensar;
  • Trocar o mouse do computador de lado para ajudar a mudar os padrões de pensamento;
  • Comer comidas diferentes para estimular o paladar e tentar identificar os ingredientes;
  • Fazer atividades físicas como caminhada ou outros esportes;
  • Fazer atividades que precisem de memorização como teatro ou dança;
  • Usar a mão não dominante. Por exemplo, se a mão dominante for a direita, deve-se tentar usar a mão esquerda para tarefas simples;
  • Encontrar com amigos e familiares, pois a socialização estimula o cérebro.

Além disso, aprender coisas novas como tocar um instrumento musical e estudar novos idiomas são outras atividades que podem ser feitas no dia a dia e que auxiliam o cérebro, melhorando a memória e a capacidade de concentração.

Benefícios dos exercícios

Quando o cérebro não recebe estímulos, a pessoa tem mais chances de esquecimentos e de perder a capacidade de realizar atividades com rapidez e agilidade. Os exercícios para memória e concentração também são importantes para:

  • Reduzir do estresse;
  • Melhorar a memória recente e a longo prazo;
  • Melhorar o humor;
  • Aumentar o foco e a concentração;
  • Aumentar a motivação e a produtividade;
  • Aumentar a inteligência, criatividade e flexibilidade mental;
  • Tornar o pensamento e o tempo de reação mais rápidos;
  • Melhorar a autoestima;
  • Melhorar a audição e a visão.

Com os exercícios para memória e concentração, ocorre um aumento do fluxo sanguíneo com oxigênio e nutrientes para o cérebro.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSaúde

Você quer ficar por dentro das notícias de saúde mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações