Aprenda a fazer receita de tônico de alecrim para turbinar a memória

Bebida tem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e neuroprotetoras, evitando danos causados pelos radicais livres no cérebro

atualizado 15/07/2021 14:31

alecrimUnsplash

O tônico de alecrim, preparado com a planta medicinal Rosmarinus officinalis, é rico em substâncias como ácido rosmarínico, ácido carnósico e óleos essenciais. A bebida também tem propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e neuroprotetoras que ajudam a evitar os danos causados pelos radicais livres nas células cerebrais e regular substâncias químicas no cérebro responsáveis pela memória, concentração e pensamento.

Por isso, esse tônico é uma ótima opção natural para estimular a memória e melhorar a concentração. Além disso, os óleos essenciais do alecrim podem melhorar a função cerebral em pessoas com demência ou doença de Alzheimer, por exemplo.

Devido às suas propriedades, esse tônico pode auxiliar também no tratamento da depressão, estresse, ansiedade, epilepsia, dor neuropática ou doença de Parkinson. No entanto, ainda são necessários mais estudos que comprovem essa eficácia.

Além disso, o tônico de alecrim também pode ajudar a tratar outros problemas de saúde como queda de cabelo, má digestão ou retenção de líquidos.

O alecrim é encontrado em feiras, supermercados ou lojas de produtos naturais e pode ser utilizado em diversas formas, como chá, infusão, ou tempero no preparo de alimentos.

Como fazer

O tônico de alecrim deve ser preparado utilizando as folhas frescas do alecrim, de onde são extraídas as substâncias ativas com propriedades medicinais.

Ingredientes

  • 5 g de folhas frescas de alecrim;
  • 250 mL de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as folhas de alecrim à água fervente, tampar e deixar repousar por 5 a 10 minutos. Coar, deixar amornar e tomar de 3 a 4 vezes por dia.

O tônico de alecrim não deve ser consumido por crianças com menos de 5 anos, mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que tenham doenças no fígado, pois pode piorar os sintomas e a doença.

Além disso, o tônico de alecrim pode interagir com alguns medicamentos, como anticoagulantes, diuréticos, lítio e medicamentos para diabetes ou para regular a pressão arterial, e, por isso, caso a pessoa esteja fazendo uso de algum desses remédios, é importante consultar o seu médico antes de tomar o tônico.

Com informações do portal Tua Saúde

Mais lidas
Últimas notícias