Confira uma lista de 6 alimentos que ajudam a melhorar a memória

Esquecimento e dificuldade de concentração podem estar ligados a falta de nutrientes como ômega 3, ferro e nitratos, entre outros

atualizado 23/08/2021 11:19

tomateVera_Petrunina/istock

Se você está enfrentando dificuldades para lembrar de coisas corriqueiras, é bom checar a sua alimentação.

Os lapsos de memória podem estar ligados a falta de nutrientes como o ômega 3, o ferro e os nitratos, entre outros. Eles auxiliam na irrigação sanguínea do cérebro e na comunicação entre os neurônios, trazendo benefícios para a capacidade de aprendizado e a disposição.

Veja abaixo nutrientes ligados ao bom funcionamento do cérebro:

  • Ômega 3: auxilia na comunicação entre os neurotransmissores, fazendo com que a memória e a concentração sejam fortalecidas;
  • Vitaminas do complexo B: contribuem para o desenvolvimento dos neurônios, além de melhorarem a memória ao facilitar a comunicação entre os neurotransmissores;
  • Ferro: possibilita a oxigenação do sangue no cérebro, fortalece a parte física do indivíduo, que fica com muito mais energia e disposição, o que, consequentemente, melhora o funcionamento da sua capacidade cognitiva;
  • Nitratos: os alimentos que contém esses nutrientes são capazes de irrigar o sangue no cérebro, ajudam a melhorar a memória e contribuem com o aumento da capacidade de concentração para a realização de trabalhos intelectuais;
  • Carboidratos: auxiliam na liberação de glicose para o organismo, possibilitando que o indivíduo consiga ter mais energia e consiga memorizar mais rapidamente, o que ajuda no aprendizado;
  • Cafeína: contribui com um melhor funcionamento da memória, pois leva energia ao organismo, combate a fadiga e alivia o estresse. Porém, se consumida em excesso, pode ser prejudicial.

Veja alimentos que ajudam a ativar a memória e contribuem para o aprendizado:

  • Salmão: como é rico em ômega 3, ajuda a melhorar o desempenho e o funcionamento do cérebro para gravar informações;
  • Nozes: além de ômega 3, as nozes têm vitamina E que, por ser antioxidante, diminui o envelhecimento das células do cérebro evitando o esquecimento;
  • Ovo: contém vitamina B12, que ajuda na formação dos componentes das células do cérebro fazendo com que funcionem corretamente. Além disso, a gema do ovo tem acetil-colina, que é importante para as funções de memorização do cérebro;
  • Leite: tem triptofano, que é um aminoácido que melhora o desempenho do cérebro e também ajuda a ter um sono mais tranquilo, fundamental para se armazenar informações;
  • Gérmen de trigo: rico em vitamina B6, que ajuda a regular a transmissão da informação entre as células do cérebro;
  • Tomate: além de licopeno, que é antioxidante, tem fisetina, que é uma substância que melhora o funcionamento do cérebro e reduz o esquecimento.

Como usá-los para melhorar a memória
Para que esses alimentos melhorem a memória é necessário comer incluí-los no cardápio diário em todas as refeições.

Por exemplo, o leite pode ser incluído no café da manhã, uma salada com tomate e ovo no almoço, um suco de frutas cítricas com gérmen de trigo no lanche e uma porção de salmão no jantar.

Se após 3 meses de uma alimentação enriquecida com esses alimentos a memória não melhorar, é importante consultar o médico.

(Com informações do portal Tua Saúde)

Mais lidas
Últimas notícias